sábado, 29 de abril de 2017

Supermercados não devem abrir 2a feira

Os supermercados da Região Metropolitana de Belém não devem funcionar na segunda-feira, Dia Internacional do Trabalho. Segundo informações da assessoria de imprensa da Associação Paraense de Supermercados, até o início da noite de ontem a entidade desconhecia a decisão judicial que permitia o funcionamento das 8 às 14 horas, no feriado, o que não excluía a possibilidade de que um comunicado nesse sentido fosse feito durante o dia de hoje.

No 1º de maio, as lojas dos shopping centers também permanecerão fechadas, mas as áreas de lazer e alimentação devem abrir para receber clientes durante todo o dia. Quem optar por permanecer em Belem também vai contar com serviços de diversão e lazer em pleno funcionamento no Mangal das Garças e na Estação das Docas.  

Ontem, foi tranquilo o movimento de saída pelo Terminal Rodoviário de Belém. No final da tarde, o atendimento era rápido nos guichês de venda de passagens. Poucas pessoas buscavam sair da capital rumo ao interior e a maioria saía de Belém por outro tipo de necessidade. O jovem seminarista Marcos José Furtado, de 25 anos, estudante de Teologia e Filosofia, ficou grato com o baixo movimento. 

Graças a isso, ele conseguiu adiantar sua viagem para Abaetetuba. “Eu não esperava que estivesse assim tão tranquilo pelo simples fato que teve greve hoje. De fato o movimento está bem mais calmo”, avaliou. “Eu imaginei que iria chegar aqui e comprar minha passagem para amanhã. Trouxe logo a mochila pra poder adiantar e consegui comprar uma passagem pra hoje”, contou Marcos, que aguardava para embarcar às 18h.

O maranhense Valdemar Pinto Costa, de 74 anos, que se preparava para voltar para a sua cidade natal, Açailândia, também não teve dificuldade para adquirir seu bilhete. “Eu vim de Macapá, da casa da minha sobrinha, direto pro terminal. Vim direto e consegui a passagem”, contou. Ele que não conhece o movimento natural do terminal só pensava em pegar o ônibus programado para sair às 21h. Para isso, teve de esperar por 10 horas no terminal.

De acordo com a Sociedade Nacional de Apoio Rodoviário Turístico (Sinart), administradora do Terminal Rodoviário de Belém, a expectativa de passageiros embarcados para este final de semana era de aproximadamente 20.500 pessoas. Este número representa um acréscimo de 5% no número real constatado no feriado de 1º de maio do ano passado. 

Entre os destinos mais procurados, neste final de semana, estão Mosqueiro, Bragança, Marudá, Vigia, Curuçá e Salinópolis. Em São Brás, o movimento de saída para Mosqueiro também era tranquilo com poucas pessoas aguardando os ônibus que fazem linha para a ilha.

Para facilitar o acesso, a Prefeitura de Belém determinou o reforço na frota dos ônibus que fazem linha especial para Mosqueiro. Programado pela Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob), o reforço começou nesta sexta-feira, com aumento de 10 veículos. Hoje, domingo e segunda-feira, o reforço será de 15 coletivos. No sábado e no domingo, os ônibus saem de Belém a partir das 7h e retornam de Mosqueiro a partir das 9h30. 

Na segunda-feira só haverá reforço para as viagens de retorno, com início marcado para as 7h. A tarifa para Mosqueiro é de R$ 5,00, com meia-passagem de R$ 2,50 para estudantes. Para a Ilha de Outeiro, a prefeitura definiu que em caso de necessidade a empresa responsável pelo transporte disponibilizará mais veículos para viagens extras, além dos 22 coletivos regulares. O valor da tarifa é o mesmo cobrado em Belém: R$ 3,10 a inteira com meia-passagem de R$ 1,55 para estudantes. (ORM News)

Nenhum comentário:

Postar um comentário