sexta-feira, 11 de agosto de 2017

CredCidadão já investiu mais de R$ 3 milhões na realização de sonhos em todo o Estado

 Natalino Barradas passou 20 dos seus 50 anos na prisão por tráfico de drogas. Saiu de lá há três anos. Era a hora do recomeço. Casou, teve duas filhas, mas não conseguia arrumar um emprego seguro. No ano passado, soube da existência do “CredCidadão” e pegou 3.500 reais emprestados. Pagou direitinho as 12 parcelas e na tarde desta quinta-feira, 10, foi um dos beneficiados pelo Governo do Estado com mais um crédito. Desta vez, vão ser cinco mil reais, que serão investidos na compra de duas motos. Seu Natalino sonha em se tornar mototaxista e a ajuda do CredCidadão foi fundamental para ele dar mais um passo nesta direção. “Quando a gente sai da cadeia, dificilmente a gente encontra uma porta aberta. 
Mas o CredCidadão me deu essa oportunidade de investir em um sonho e agora cabe a mim querer virar essa página da minha vida e me reerguer, realmente”, disse ele.

O ex-presidiário foi uma das 41 pessoas que receberam o CredCidadão na tarde desta quinta-feira, no auditório do Palácio de Governo. Foram 112 mil reais investidos somente nesta entrega. O CredCidadão é um programa que impulsiona os micro e pequenos empreendimentos, gerando economia, emprego e renda. Dos 41 beneficiados, três são egressos do sistema penal, 14 trabalham na Fábrica Esperança, programa de reintegração de ex-detentos e 24 são moradores da área do Curió-Utinga, na Região Metropolitana de Belém.

“Essa oportunidade é muito boa porque os juros são bem baixos e é muito difícil ter a chance de obter um capital de giro com essa facilidade para a gente conseguir lucrar um pouco mais”, comemorou Regina Cardoso, confeiteira de 48 anos, moradora da comunidade do Curió-Utinga. Com os três mil reais de crédito conseguidos, ela quer incrementar a produção de doces e salgados.

Parque Ambiental
O bairro do Curió-Utinga vem ganhando uma nova cara desde que o Governo do Estado resolveu revitalizar a área do Parque do Utinga e o governador Simão Jatene, em visita às obras, se sensibilizou com a precariedade das condições de vida dos moradores, e se dedicou a uma série de melhorias no local, como asfaltamento e a construção de casas e escolas. “Foi de extrema importância esse olhar atento do Governo. Hoje, a população da área tem a autoestima mais elevada. Esse Governo trouxe uma nova realidade para a gente”, disse Ana Pontes, líder comunitária do Curió-Utinga.

A gratidão da líder comunitária e dos 24 moradores do bairro que serão beneficiados pelo microcrédito foi retribuída pelo governador Simão Jatene, que esteve presente à entrega do CredCidadão. “Eu é que tenho que agradecer a essas pessoas por continuar acreditando. Em um momento de crise, quando muitas pessoas perderam o emprego, você criar a chance de alguém poder implementar um pequeno negocio é alimentar a coisa mais importante para o ser humano, que é a esperança”, disse o governador.

Investimentos crescentes
O Núcleo de Gerenciamento de Microcrédito - CredCidadão, já liberou mais de três milhões de reais desde o início deste ano, até o mês de agosto, contemplando 1.109 microempreendedores de 54 municípios, cadastrados na linha convencional de microcrédito. Dentre esses municípios, alguns como Bagre, Senador José Porfírio, São Domingos do Capim, Viseu, São João do Araguaia, Portel, Concórdia do Pará, Pacajá, Eldorado dos Carajás e Vitória do Xingu apresentam baixos Índices de Desenvolvimento Humano.

Em 2016, na linha convencional, foram atendidas 2.371 pessoas, somando R$ 5.893.965,00. Ainda no ano passado, o CredCidadão atendeu 516 pessoas em 20 municípios com IDH igualmente baixos, perfazendo um total de R$ 954,950,00 em microcréditos. Já na linha 110, de batedores de açaí, foram liberados para Belém e Cotijuba 12 microcréditos, no valor de R$ 56.500,00.

Pode solicitar o crédito qualquer pessoa maior de 18 anos, que more no Pará há pelo menos dois anos, que já esteja inserida no mercado de trabalho ou queira iniciar um pequeno empreendimento. Os planos para este ano são grandiosos. ”Queremos fazer o CredCidadão chegar aos 144 municípios paraenses. Em 2017, a meta é alcançar, no mínimo, 100 municípios”, disse Tetê Santos, diretora do CredCidadão. Os próximos municípios a receber o programa de microcrédito serão Pau Darco, no Sul do Pará, neste sábado, 12, e Santana do Araguaia, na segunda-feira, 14.

Como solicitar o CredCidadão
Para obter o crédito, os interessados devem se inscrever na sede do CredCidadão, em Belém, que fica na Rua dos Mundurucus, 3.852, esquina com a travessa Três de Maio, de segunda a sexta-feira, das 9h às 17 horas. Depois do pré-cadastramento, o candidato recebe a visita de uma equipe técnica do programa, que verificará o espaço onde o mesmo já tem ou pretende implantar seu negócio, além da capacidade empreendedora da família para desenvolver a atividade e se não há pessoas concorrendo no mesmo ramo próximo ao local.

A equipe do Credcidadão desenvolve um trabalho minucioso junto à família credenciada para formatar um plano de negócios, de forma que ela não tenha dificuldade na quitação da dívida. Atendendo a todos os pré-requisitos, o comerciante recebe o crédito em, no máximo, 30 dias. Além disso, as equipes do programa fazem o acompanhamento constante de todos os empreendimentos.
Por Syanne Neno - Agência Pará

Nenhum comentário:

Postar um comentário