sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Em Belém, mulher é perseguida e morta a tiros em Águas Lindas

A jovem Daniela Viana de Souza, de 20 anos, foi morta a tiros na noite de ontem quinta-feira (17), na rua principal que corta o bairro de Águas Lindas, em Belém. Daniela ainda tentou fugir de seus executores, mas foi assassinada após invadir uma propriedade, em um crime que ainda precisa ser esclarecido pelas autoridades. Segundo informações colhidas pelo sargento R. Marques, da 3ª Companhia do 6º Batalhão da Polícia Militar (BPM), a jovem era moradora do Paar, mas tem uma irmã que mora no bairro de Águas Lindas e teria ido visitá-la nesta noite. Por volta das 19h30, enquanto Daniela estava passando pela rua Osvaldo Cruz, ela teria sido surpreendida por uma dupla de atiradores.
Nesse ponto, o caso tem duas versões: algumas pessoas disseram que os assassinos chegaram em um carro vermelho (modelo Chevrolet Prisma), enquanto outras teriam visto uma motocicleta vermelha. O que se sabe é que, ao ver os homens se aproximando, Daniela correu em direção ao portão aberto de uma pequena vila de quitinetes.
Antes de chegar ao final do corredor, ela foi morta a tiros pelos dois homens, que a perseguiram a pé, alcançando seu alvo na base da escada que dá acesso ao segundo andar da vila. (ORM)


A causa do assassinato segue ainda desconhecida. A Polícia ainda tentava conseguir mais detalhes com testemunhas, mas não há qualquer informação sobre alguns fatos, como envolvimento com a criminalidade, ameaças ou dívidas com alguém. Até a publicação desta matéria, nenhum suspeito tinha sido encontrado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário