sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Ministério Público investiga naufrágio no rio Amazonas

Em atuação conjunta, o Ministério Público Federal (MPF) e Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) vão investigar eventuais crimes ou omissões que possam ter contribuído para o naufrágio último dia 2 de agosto. O incidente aconteceu no rio Amazonas, nas proximidades do município de Óbidos, no oeste paraense. Nove tripulantes continuam desaparecidos.

Saiba mais: Continuam buscas por desaparecidos no Rio Amazonas
A ação também tem como objetivos acompanhar a atuação dos órgãos públicos responsáveis pela segurança do transporte fluvial na região e de verificar a apresentação, pelas empresas responsáveis, do plano de salvatagem (reflutuação) do rebocador afundado.

Saiba mais: Familiares contestam buscas de desaparecidos no Rio Amazonas

Integrantes do Ministério Público vêm participando de reuniões entre órgãos públicos, familiares dos desaparecidos e representantes das empresas proprietárias e seguradoras dos navios envolvidos no acidente. A próxima reunião está marcada para a próxima quarta-feira (23), às 9h, nas instalações da 4ª Regional da Defesa Civil do Baixo Amazonas (4ªRedec), na sede do Corpo de Bombeiros Militar em Santarém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário