quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Tipo sanguíneo será incluso nas carteiras de identidade

Desde esta terça-feira (01), as carteiras de identidade começaram a ser emitidas com a informação sobre o tipo sanguíneo das pessoas. As pessoas que forem obter uma nova carteira de identidade em qualquer posto de identificação do Estado podem solicitar a inclusão do chamado Fator RH (tipo de sangue) no documento. A informação busca, principalmente, agilizar o pronto-atendimento de pessoas em situação de urgência nas unidades de saúde. Entre os documentos que são aceitos estão os emitidos pela Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará (Hemopa), os atestados de exames laboratoriais fornecidos por serviços médicos oficiais da rede de saúde pública e os atestados emitidos pelo Sistema Nacional de Sangue, Componentes e Derivados (Sinasan), que faz parte do Sistema Único de Saúde (SUS).
O Hemopa, que informa o tipo de sangue da pessoa depois que ela faz a doação, reforça a importância dessa identificação na carteira de identidade. “Alguns hospitais de urgência e emergência não possuem laboratório para identificar o tipo sanguíneo e essa identificação no RG poderá agilizar o atendimento do médico que solicitar a transfusão de sangue”, disse Carlos Vitor Cunha, coordenador de hemoterapia do Hemopa.

Quem possui a carteira de identidade sem o registro do tipo sanguíneo, não precisa procurar novamente o Posto de Identificação para trocar o documento. A inclusão do Fator RH na carteira de identidade somente será feita quando um novo documento for emitido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário