quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Médico é preso por estupro de vulnerável em Marapanim

Paulo Sérgio Sales Brabo recebeu voz de prisão no Hospital Municipal em que atuava. Acusado de estupro de vulnerável, o médico Paulo Sério Sales Brabo foi preso em Marapanim, no nordeste paraense. O mandado de prisão preventiva decretado pela justiça foi cumprido ontem (3), por policiais civis de Terra Alta, sob o comando do delegado Fábio Coutinho. A pena foi de 12 anos de reclusão para cumprimento inicial em regime fechado. As informações foram divulgadas hoje (4) pela Polícia Civil. 

De acordo com o delegado, a informação sobre a ordem de prisão foi repassada à Superintendência da Polícia Civil de Castanhal por meio do Serviço Policial de Polícia Interestadual e de Buscas e Capturas (Polinter) de Belém. A sentença condenatória foi prolatada pela Justiça em 10 de abril de 2014 e revisada com trânsito em julgado (sem direito a recurso por parte da defesa) em 24 de agosto deste ano.

A decisão foi expedida pela juíza Adriana Grigolin Leite, da Vara de Crimes Contra Crianças e Adolescentes de Belém. O médico recebeu voz de prisão no Hospital Municipal de Marapanim, onde atuava. Logo após, o acusado foi conduzido para a Seccional de Jaderlandia em Castanhal.

Após ser submetido a exame de corpo de delito, obrigatório para presos de Justiça, Paulo Sérgio foi transferido para o presídio CRRCAST (Centro de Recuperação Regional de Castanhal) e está recolhido à disposição da Justiça. (ORM)

Nenhum comentário:

Postar um comentário