coluna 3

Coluna 2

Coluna 1

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

CPH anuncia início da obra do terminal hidroviário de Curuá

O presidente da Companhia de Portos e Hidrovias do Pará (CPH), Alexandre Von, anunciou à população de Curuá, na região oeste do Estado, o início da obra do terminal hidroviário de cargas e passageiros no município. O empreendimento atenderá os anseios de vários segmentos - trabalhadores, comerciantes, operadores portuários e passageiros - e vai garantir melhores condições de mobilidade, além de dinamizar a economia local. O terminal terá 266,8 m² de área construída e a previsão, segundo a CPH, é que ele fique pronto em um período de até doze meses.

A obra, orçada em mais de R$ 3 milhões, contará com área de embarque e desembarque de cargas e passageiros, guichês para venda de passagens, guarda-volume; lanchonete; banheiros adaptados e espaços disponíveis para instalação de órgãos intervenientes. A parte naval será composta por duas rampas metálicas articuladas medindo 25m x 3m, um berço metálico de sustentação, um flutuante intermediário de 6m x 5m x 1,2m e um flutuante principal de 15m x 5,0m x 1,5m.

O presidente da CPH explicou que o terminal do município de Curuá é um investimento que se soma aos demais que vem sendo executados na área de infraestrutura, e foi oficializado por meio de Ordens de Serviço expedidas pelo governo do Estado no mês passado. "Hoje, nós comunicamos oficialmente ao prefeito Zé da Marta e à Câmara de Vereadores o início efetivo da construção do terminal do município de Curuá. Um investimento do Governo do Pará que se soma aos dos demais terminais, num total de sete, que serão implantados na região do Baixo Amazonas", informou.

No dia 24 de novembro, o Estado assinou contrato com a empresa Paulo Brígido Engenharia para execução das obras de dois terminais - um em Curuá e outro no distrito de Santana do Tapará, no município de Santarém. "Em seguida, nós expedimos a Ordem de Serviço e hoje estamos fazendo a primeira visita para anunciar o início da obra às autoridades e toda a comunidade d aregião. A partir desse momento e ao longo de 12 meses, a obra será executada e implementada para que a população possa usufruir de seu novo e equipado terminal", disse o presidente.

Avanços - O município de 13.562 habitantes, que faz divisa com Alenquer e Óbidos, tem na pecuária e no comércio de produtos agrícolas as molas propulsoras de sua economia. Para o prefeito José Veira de Castro, popularmente conhecido por Zé da Marta, sem uma estrutura adequada para embarque e desembarque de passageiros e cargas, a cidade fica prejudicada. "Curuá é um município pequeno, que depende muito do transporte fluvial para movimentar nossa economia. 

Além da economia precisamos oferecer uma estrutura com mais conforto para quem chega aqui e precisa se deslocar para outras cidades. Com um terminal deste porte, toda a população sai beneficiada. Nós só temos a agradecer ao governo do Estado por trazer esta obra e promover o desenvolvimento em nosso município", festejou o gestor.

Além de Curuá, o governo, também por meio da CPH, construirá outros seis terminais na região oeste: Santarém (sede), Santana do Tapará (distrito de Santarém), Faro, Terra Santa, Almeirim e Prainha. O investimento ultrapassa R$ 80 milhões.
Por Samuel Alvarenga - Agência Pará

Nenhum comentário:

Postar um comentário