quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

TRE do Pará cassa mandato do deputado federal Wladimir Costa

Decisão ainda torna o parlamentar inelegível por oito anos. Wlad irá recorrer. O deputado federal Wladimir Costa (SD-PA) foi condenado ontem terça-feira (19) no Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE-PA) por abuso de poder econômico e gastos ilícitos na campanha eleitoral de 2014. O desembargador Roberto Gonçalves de Moura foi o relator da sessão, que teve unanimidade entre os juízes na decisão de cassar o mandato do deputado.
Segundo o TRE-PA, a decisão determina a cassação de Wladimir, além de torná-lo inelegível por oito anos. Contudo, mesmo após a decisão, Wladimir Costa poderá recorrer junto ao Tribunal Superior Eleitoral e ainda permanece no cargo durante o processo.

Esta não é a primeira condenação do parlamentar paraense. Em 2016,  Wladimir Costa já havia sido condenado a perda de mandato pelo Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE-PA), quando foi julgada a arrecadação e gastos ilícitos na campanha eleitoral do deputado. 

Wladimir Costa declarou que gastou R$ 642.457,48 durante sua campanha à Câmara Federal, mas segundo o Ministério Público Estadual, o candidato deixou de declarar R$ 149.950 em despesas de material gráfico, além de mais de R$ 100 mil em despesas efetuadas entre julho e setembro do ano eleitoral de 2014, que não constam na prestação de contas. O deputado recorreu da decisão e se manteve no cargo. (ORM)

Nenhum comentário:

Postar um comentário