terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Belém é a segunda cidade com mais homens obesos do Brasil

Belém está entre as capitais brasileiras com maior número de homens com excesso de peso e obesidade. Já as mulheres belenenses estão com a menor frequência de consumo de hortaliças. É o que revela um amplo estudo do Ministério da Saúde e a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANSS), que pesquisou vários indicadores de usuários de planos de saúde no país. O levantamento mostra que o número de indivíduos com excesso de peso e obesidade entre os beneficiários de planos de saúde continua crescente e alarmante. 
E o pior: a proporção dos adultos dentro desse universo com excesso de peso tem aumentado desde 2008, quando foi feito o primeiro levantamento, passando de 46,5% para 53,7%. O mesmo ocorre com a proporção de obesos, que aumentou de 12,5% para 17,7%. E mais: a frequência de beneficiários com diagnóstico médico de diabetes subiu em média 0,2% ao ano de 2008 a 2016.

NÚMEROS
As maiores frequências de excesso de peso foram observadas, no caso de homens, em Rio Branco (68,9%), Belém (67,8%) e Porto Alegre (66,1%). Já a frequência de adultos obesos variou entre 11,7% em Florianópolis e 22,3% em Manaus. As maiores frequências de obesidade foram observadas, no caso de homens, em Macapá (25,8%), Belém (25,3%) e Rio Branco (23,6%). Por outro lado, a pesquisa mostra que as menores frequências de consumo de hortaliças ocorreram, no sexo feminino, em Manaus (23,4%), Belém (25,2%) e Rio Branco (26,5%). (DOL)

Nenhum comentário:

Postar um comentário