quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

Apático, Remo perde para o Manaus (AM) na Arena da Amazônia pela Copa Verde

Partida da volta está marcada para o dia 21 de fevereiro, no Mangueirão, em Belém. Ainda na 'ressaca' da vitória sobre o Paysandu pelo estadual, o Remo foi à Arena da Amazônia e saiu derrotado por 2 a 0 para o Manaus, na estreia da Copa Verde. A partida ocorreu na noite de ontem quarta-feira (31), na capital manauara, pela rodada de abertura das oitavas de final da competição.
Depois de domínio do Gavião do Norte na segunda metade do primeiro tempo, o gigante Hamilton - que começou a carreira no futebol como goleiro - abriu o marcador aos 39 minutos. Na volta do intervalo, Rossini, com categoria, ampliou para os anfitriões, aos nove minutos.

O resultado deu vantagem ao Manaus de poder perder por até 1 a 0 o segundo jogo, marcado para o dia 21 de fevereiro, no Mangueirão, em Belém, que, ainda assim, ficará com a vaga na segunda fase da competição. Vale lembrar que, caso o Manaus faça um gol no Olímpico do Pará, passará a ter vantagem de poder ser derrotado por até dois gols de diferença (3x: 3 a 1, 4 a 2 e assim por diante). A partida de volta também será transmitida lance a lance pelo Portal ORM.

1º tempo: Remo lento e Gavião aceso
O Remo teve como ponto forte dos seus ataques, as investidas de Esquerdinha pela lateral canhota e de Levy pela direita. Aos três minutos, o camisa 6 mandou para a área rasteiro e, antes de Isac, Deurick cortou. Por outro lado, o Manaus investia pelo meio. Lançamento para Nena, que dominou no bico da área e bateu colocado para a defesaça de Vinícius, logo na sequência.

Aos seis minutos, Levy recebeu na intermediária e soltou um foguete que passou rente à trave direita de Jonathan. Aos 18, outra saída de Levy, que cruzou na cabeça de Isac, mas viu o camisa 9 desperdiçar. A partir de então, só deu Manaus! Aos 30, Panda recebeu na intermediária e soltou uma tijolada que só parou no travessão de Vinícius.

Aos 38, uma cobrança de lateral na esquerda. Zadda tomou distância e mandou para Hamilton na área. O camisa 25 estava cercado por Geandro e Mimica, que se atrapalharam no lance e deixaram o atacante do Gavião livre e com a bola dominada na pequena área. Restou ao 'Ibrahimovic' de Manaus só bater no canto de Vinícius para abrir o placar.

O Leão sentiu o gol sofrido e quase leva o segundo dois minutos depois. Na jogada, Panda recebeu a bola na esquerda e cruzou para a chegada de Cleitinho, mas Vinícius saiu de soco e afastou.

2º tempo: Remo melhora, mas Manaus fecha o caixão

Na volta do intervalo, o técnico Ney da Matta lançou duas substituições de cara. As entradas de Jefferson e Felipe Recife nos lugares de Adenílson e Leandro Brasília pareciam que trariam bons resultados logo aos cinco minutos, quando Felipe lançou Levy, que cruzou para Isac aparecer de carrinho na área e finalizar. Mas a bola saiu pela linha de fundo.

A resposta manauara foi fulminante. Aos oito, Saída errada do Remo e Nena recebeu no ataque dos anfitriões. Ele teve o chute travado pela zaga, mas a sobra ficou com Cleitinho, que bateu com firmeza para a boa intervenção de Vinícius. No minuto seguinte, porém, outra saída equivocada remista acabou sendo fatal. Nena e Rossini saíram tabelando, até que Rossini teve o passe interceptado por Mimica e Geandro, mas contou com a sorte do retorno da bola aos seus pés. O camisa 10 saiu na cara de Vinícius e deslocou o goleiro azulino com categoria para ampliar.

Em contra ataque, os remistas chegaram perto do gol. Felipe Marques puxou em velocidade e deixou a bola com Jefferson Recife, que encontrou Jayme na entrada da área. O paraense encheu o pé e viu Jonathan se esticar para espalmar. Aos 32, foi a vez de Felipe Recife arriscar e também teve o tiro parado pelo camisa 1 do Manaus.
Aos 36, Rossini levantou na áea e Nena não conseguiu alcançar. No minuto seguinte, Nena foi para a ponta e cruzou rasteiro para a chegada de Romarinho, que se atirou de carrinho, mas não alcançou a redonda.

Ficha técnica (Manaus 2 x 0 Remo)

Manaus - Jonathan; Thiago Granja (Atila), Deurick, Paulão e Zadda; Juninho, Panda, Cleitinho (Romarinho) e Rossini; Hamilton (Wander) e Nena. Técnico: Wladimir Araújo

Remo - Vinícius; Levy, Mimica, Bruno Maia e Esquerdinha; Geandro, Leandro Brasília (Felipe Recife), Fernandes (Jayme) e Adenílson (Jefferson Recife); Felipe Marques e Isac. Técnico: Ney da Matta

Gols: Hamilton 39'/1ºT e Rossini 9'/2ºT (Manaus)
Cartões amarelos: Jonathan, Juninho e Hamilton (Manaus)

Data: 31/01
Hora: 21h (horário de Belém)
Local: Arena da Amazônia (Manaus/AM)
Árbitro: Valdicleuson Silva da Costa - AP (CBF)
Assistentes: Inácio Barreto da Camara - AP (CBF) e Roberto Soares dos Santos Junior - AP (CBF)
(ORM)

Nenhum comentário:

Postar um comentário