quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Casa Imerys comemora aniversário da unidade de Ipixuna do Pará

 O maior projeto social da mineradora no Estado retorna às atividades no início de março
 Mais de 6 mil atendimentos realizados em 2017. Esse foi o balanço do trabalho feito nas três unidades da Casa Imerys, maior projeto social da mineradora no Pará. O resultado é motivo para comemoração e também estímulo para o retorno às atividades, previsto para o início de março. A iniciativa beneficia, de forma gratuita, as comunidades de Barcarena, com unidades no Bairro Industrial e Vila do Conde, e Ipixuna do Pará, com a unidade na Vila Aparecida. São promovidos cursos de capacitação, reforço escolar e ações de saúde.

Juliana Carvalho, Coordenadora de Comunicação & Relações com as Comunidades da Imerys, ressalta que os resultados do projeto são motivo de orgulho para a empresa que tem como marca o compromisso com o desenvolvimento sustentável das comunidades onde está presente. 

“Ficamos muito felizes em saber que contribuímos para a transformação social através do projeto, que proporciona a capacitação, a inclusão social e fomenta o empreendedorismo das pessoas. É uma emoção muito grande ver relatos de pessoas que após receberem a formação na Casa Imerys se tornaram donas do próprio negócio. Este ano, nossa expectativa é de ampliar mais ainda essas oportunidades”, afirma.
 
Um dos exemplos de superação acompanhados na Casa Imerys foi Maria Dias, moradora da Vila do Conde. Ela trabalhava como faxineira, mas sempre nutriu o sonho de ser uma empreendedora de sucesso. A oportunidade de fazer um curso de informática básica e avançada abriu as portas para realização desse sonho. 

“Foi uma chance única. Não pensei duas vezes depois de concluir o curso. Montei uma lan house, que é de onde tiro o sustento da minha família. O meu empreendimento também dá oportunidade de trabalho para as pessoas. Sou muito grata e feliz por essa conquista”, declara Maria.
 
A aposentada Izaura da Silva, também moradora de Vila do Conde, comemora os avanços que o filho Max Emiliano está tendo na escola e a mudança de comportamento em casa. Ele participa do Musicarte, atividade iniciada no ano passado na Casa Imerys que busca desenvolver talentos na música e engajar jovens na carreira musical, inclusive na geração de renda. 

“Meu filho está muito empolgado. O projeto contribuiu para melhoria na comunicação e para despertar para as responsabilidades com os estudos. A Imerys está de parabéns por essa iniciativa”. O Musicarte atende 30 jovens mensalmente, entre 8 e 16 anos, que aprendem a utilizar instrumentos de percussão, flautas, violões e cajóns, além de aprenderem técnicas vocais.
 
Ipixuna
 
Em Ipixuna do Pará, a Casa Imerys de Aparecida acaba de completar um ano de atuação. A unidade celebra o feito de, então pouco tempo, ter realizado 1.446 atendimentos por meio dos cursos de capacitação, inclusão digital, reforço escolar e Programa Sorriso Saudável. “A Casa Imerys trouxe um benefício muito grande. 

Um desses benefícios é o curso de informática, totalmente, gratuito. Se fôssemos pagar um curso desses, com certeza, seria muito caro e não teríamos condições para isso. Agradeço ao projeto por essa oportunidade”, declara o estudante Almir Moreira Rodrigues, 18 anos.
 
Fabiana Gomes
Analista de Comunicação | Temple

Nenhum comentário:

Postar um comentário