sexta-feira, 16 de março de 2018

Com 'hat-trick' de Cassiano, Paysandu bate o Santos-AP e segue na Copa Verde

Uma noite para os bicolores dormirem com mais tranquilidade. Quatro dias após a derrota no Re-Pa, o Paysandu confirmou a superioridade diante do Santos-AP, venceu por 4 a 2 e confirmou presença na semifinal da Copa Verde. A partida foi às 21h15 de ontem quinta-feira (15), na Curuzu, em Belém. O destaque do Papão foi o atacante Cassiano. O camisa 39 foi o 'ponto fora da curva' do Papão em termos de vontade e marcou três vezes. O primeiro gol, porém, foi de Mike, ainda aos 15 minutos da etapa incial. O Santos-AP fez o primeiro gol no empate em 1 a 1, com Willian Fazendinha, e depois tirou a diferença, no finalzinho, com Dhonata.

O triunfo deixou o placar agregado em 7 a 4 para o Papão, que passa a aguardar o vencedor do duelo entre Rio Branco (AC) e Manaus (AM) para saber quem enfrentará na semifinal do torneio. No primeiro duelo entre acreanos e manauaras, deu empate na capital amazonense. O jogo decisivo será no domingo (18), na Arena da Floresta, em Rio Branco (AC).

1º tempo: Paysandu joga melhor e marca, mas relaxa e Santos-AP empata
O Paysandu começou com o jeitão de mandante. O time controlava o ímpeto do Santos-AP sem grandes dificuldades. Aos 15, o domínio rendeu a abertura do placar. No lance, Nando Carandina apareceu pela direita, driblou Eduardo entre as pernas e cruzou rasteiro. Mike dominou e colocou na rede. Papão 1 a 0!

O gol, porém, fez o Paysandu relaxar na partida. O Peixe da Amazônia cresceu! Aos 22, Diego Carajás colocou na área para Riquelme, que surgiu sozinho e se atirou na redonda, mas não a alcançou. Com espaço, o Papão passou a sair mais em velocidade. Em estocada pela esquerda, a redonda ficou com Mateus Müller dentro da área. Ele dominou e bateu. Axel, bem colocado, encaixou. No minuto seguinte, Cassiano recebeu na entrada da área e arriscou para a boa defesa do goleiro amapaense. Aos 34, Fábio Matos cruzou rasteiro da direita e Mike - dessa vez - foi desarmado antes do arremate.

Já no finalzinho, aos 41 minutos, um escanteio contra o Papão. A zaga cortou e Fábio Matos tentou o drible na saída para o contra-ataque. Não deu certo! A bola ficou com Preto Barcarena, que mandou na área para Willian Fazendinha dominar e bater cruzado no cantinho de Marcão. Foi o empate santista!

Os visitantes ainda tiveram a chance de virar. Bruno Lopes dominou na ponta direita, tirou Diego Ivo da jogada com extrema facilidade e entrou na área. Marcão fechou o ângulo e rebateu! Ao fim do primeiro tempo, vaias para os jogadores.

2º tempo: Cassiano brilha e Papão confirma vaga

O Peixe da Amazônia tentou sair com os lançamentos e foi apertado por uma marcação mais adiantada do Papão. Aos três minutos, o time de Dado Cavalcanti saiu pela esquerda e Fábio Matos colocou na área para cabeceio perigoso de Edimar. A resposta santista foi aos oito, quando Riquelme arriscou de fora da área e Marcão espalmou pela linha de fundo. 

Foi quando Cassiano arrastou! Aos 14 minutos, Eduardo tentou sair jogando na defesa e foi desarmado por Cassiano, que tabelou com Fábio Matos, entrou na área e bateu de primeira para a rede. Marcão seguia fazendo defesas. Aos 16, Lessandro mandou uma pancada do meio da rua e o goleiro espalmou.

No Papão, Fábio Matos tentava  a receita do chute de longe e, aos 19, bateu com categoria, mas acertou o travessão de Axel. Dois minutos depois, Mike recebeu sozinho na área e bateu na saída de Axel, que tocou na redonda e a viu seguir para a rede, mas Dedé, sobre a linha, tirou de cabeça.

Aos 23 minutos, falta perigosa e Mateus Müller disparou no cantinho para Axel se esticar todo, tocar na 'pelota' e ainda vê-la tocando na trave antes de ir pela linha de fundo. Aos 25, Axel não pode fazer nada para impedir. No lance, Walter colocou na área, Mike tocou de calcanhar, encobriu o goleiro e Cassiano testou para o gol.  Quatro minutos depois, Renato Augusto fez boa jogada na direita e cruzou para Cassiano fazer o 'hat-trick' na partida.

O Bicola ainda teve a chance de ampliar. Aos 37, Walter recebeu na entrada da área e, cercado por dois, tocou de primeira para Mike, sozinho na área. O canmisa 18 dominou e bateu, mas Axel fechou o ângulo e mandou pela linha de fundo. No finalzinho, aos 42, Dhonata bateu falta e a bola desviou na barreira. Marcão ficou sem ação e a redonda foi à rede. Papão 4 a 2!

Ficha técnica (Paysandu 4 x 2 Santos/AP)
Paysandu - Marcão; Matheus Silva, Edimar, Diego Ivo e Mateus Müller; Nando Carandina, Renato Augusto (Cáceres) e Fábio Matos (Walter); Mike, Moisés (Danilo Pires) e Cassiano. Técnico: Dado Cavalcanti

Santos/AP - Axel; Diego Carajás (Bruninho), Dedé, Preto Barcarena e Eduardo; Lessandro, Jefferson Jari e William Fazendinha (Dhonata); Bruno Lopes, Riquelme e Jean Marabaixo (Wellington). Técnico: Edson Porto

Gols: Mike 14'/1ºT (Paysandu), Willian Fazendinha (Santos/AP), Cassiano 14'2ºT, 25'/2ºT e 28'/2ºT (Paysandu) e Dhonata 41'/2ºT (Santos/AP)
Cartões amarelos: Diego Ivo e Mateus Müller (Paysandu); Diego Carajás, Dedé, Preto Barcarena e Wellington (Santos/AP)

Data: 15/03
Hora: 21h15
Local: Curuzu (Belém/PA)
Árbitro: Rudimar Goltara - ES (CBF)
Assistentes: Katiuscia Berger Mendonça - ES (CBF) e Fabio Faustino dos Santos- ES (CBF)
Público: 5.224 (1.764 pag., 2.371 sócios e 1.089 cred.)
Renda: R$ 65.900,00



Nenhum comentário:

Postar um comentário