sexta-feira, 23 de março de 2018

Com um a menos, São Raimundo vence o Remo no Colosso e garante vantagem na semi

A mística do sexto jogo - que abateu Dado Cavalcanti no Paysandu - se confirmou com Givanildo Oliveira, na noite de ontem quinta-feira (22), no Remo. Após cinco partidas de invencibilidade, o Leão perdeu - e perdeu feio! Os azulinos jogaram com um atleta a mais em campo desde os 41 minutos do primeiro tempo, mas acabou derrotado para o São Raimundo, no Colosso do Tapajós, em Santarém. A partida foi válida pela primeira rodada da chave B2 da semifinal do campeonato paraense.
Saiba como foi a partida lance a lance aqui!

O Remo estava melhor em campo durante o primeiro tempo, quando o Mundico 'encontrou' um gol. Foi em cobrança de pênalti de Jeferson Monte Alegre, aos 24 minutos. O jogo caiu de produção e, aos 41, Kleyton, em uma jogada isolada junto à bandeirinha de escanteio, fez a falta em Esquerdinha e chutou a bola no lateral remista. 

O camisa 10 do Pantera foi expulso! Apesar de ficar com um atleta a mais, o Leão não conseguiu 'azedar' a vida do time de Bruno Limão, que contou com Jeová, Moisés, Felipe e companhia sob o comando de Vladimir de Jesus para garantir a vitória de forma divina.

A vitória por 1 a 0 no Colosso garante a vantagem do empate para o time santareno na partida da volta, que está marcada para as 16h deste domingo (25), no Mangueirão, em Belém. Se o Remo devolver uma derrota por um gol de diferença, a decisão da vaga será nas penalidades. 
1º tempo: São Raimundo acha gol e perde camisa 10
Com desfalques, o São Raimundo estava visivelmente 'engessado'. O Remo, por sua vez, mostrava entrosamento e, logo no primeiro bom lance da partida, chegou perto de marcar. Aos 12, Elielton ganhou a redonda na intermediária e lançou Felipe Marques em profundidade. 
 
O camisa 11 entrou sozinho e ficou de cara com Jader, que salvou o Mundico com o pé esquerdo. Seis minutos depois, o São Raimundo conseguiu responder com Léo, que cobrou falta com categoria e mandou perto do travessão de Vinícius. Porém, aos 20, o Leão voltou a obrigar Jader a fazer milagre. Felipe Marques foi lançado mais uma vez por Elielton na área e chutou à queima-roupa para grande defesa do goleiro.

Aos 21 minutos, o Remo, que estava melhor e com mais posse de bola, investiu na bola alçada na área. Felipe Marques recebeu na esquerda e colocou no alto para Mimica cabecear e Jader espalmar novamente. Do mesmo modo, fez Vinícius aos 23. No lance, Léo colocou na área azulina e Heber Chocolate acertou um belo chute de primeira. 
 
O camisa 1 voou para afastar. Na sobra, no entanto, Jeferson Monte Alegre dominou, driblou e foi derrubado por Levy. Pênalti marcado! O mesmo Jeferson se apresentou para a cobrança e guardou no cantinho esquerdo. Pantera 1 a 0, aos 24!  (ORM)

Nenhum comentário:

Postar um comentário