coluna 3

Coluna 2

Coluna 1

sábado, 31 de março de 2018

Remo X Paysandu: Operação Mangueirão garante ordenamento no entorno do estádio

A Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) coordenará no próximo domingo (1º) a Operação Mangueirão, que prevê ações de ordenamento para garantir a segurança no clássico do futebol paraense entre Remo e Paysandu, válido pelo campeonato estadual. A operação mobilizará vários órgãos do Sistema de Segurança Pública, estaduais e municipais, que atuarão no entorno do Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão.
 Estão previstas a delimitação de espaço para atuação de vendedores ambulantes, proibição de veículos com sons automotivos ao redor do estádio e de barracas irregulares, seis pontos de bloqueio e dois para o ingresso de comerciantes e orientações ao público. Haverá ainda a delimitação de uma área de escape para o trânsito de veículos, caso ocorra alguma emergência.

Uma vistoria técnica no local, realizada na manhã desta quinta-feira (29), definiu os pontos de atuação. Participaram da vistoria agentes do Departamento de Trânsito (Detran), Guarda Municipal de Belém, polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros, Secretaria de Economia do Município de Belém (Secon), Grupamento Aéreo de Segurança Pública (Graspe), Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel) e Associação dos Ambulantes Internos e Externos do Mangueirão. A operação começará às 8 h e será encerrada às 20 h.

Segurança - De acordo com o secretário adjunto de Gestão Operacional da Segup, coronel André Cunha, o ordenamento trará benefícios ao público e aos comerciantes. “O objetivo é proporcionar qualidade de acesso ao público que vem para o evento esportivo, e segurança, sobretudo para aquelas pessoas que vêm com a família; segurança para os ambulantes que vêm trabalhar; maior fluidez no trânsito, na chegada e saída, e proteção em caso de algum evento sinistro que requeira evacuação mais rápida. 

Será um trabalho de reorganização pública, não apenas para o clássico Remo e Paysandu, mas para criarmos um protocolo para todos os jogos no Estádio Olímpico”, explicou André Cunha.

Para que tudo ocorra conforme o planejamento, a parceria entre os órgãos de segurança pública e a associação dos ambulantes é fundamental. Para informar os vendedores sobre as mudanças, uma reunião será realizada no sábado (31), às 10 h, no estacionamento A2 do Mangueirão. No próximo Re x Pa, ambulantes legalizados e não legalizados terão a entrada permitida. Porém, nos próximos jogos apenas os credenciados poderão comercializar seus produtos na área.

Aprovação - “A gente já trabalhou dessa maneira, e é muito melhor trabalhar assim, para todos nós, para todos os órgãos. Tudo que é ordenado é melhor”, afirmou João Marcelo, presidente da Associação dos Ambulantes Internos e Externos do Mangueirão.
A entrada de ambulantes será permitida no portão de acesso ao estacionamento B2, para quem chegar pela Rodovia Transmangueirão, e ao lado da Arena Guilherme Paraense (o Mangueirinho), para quem se deslocar pela Avenida Augusto Montenegro. Próximo a esses acessos ficarão as barracas dos vendedores.

Internos do regime semiaberto do Sistema Penitenciário do Pará, que participam do Projeto Conquistando a Liberdade, vão organizar o espaço destinado à venda de alimentos. Militares do Corpo de Bombeiros já iniciaram a poda da árvore de pequeno porte que tombou na área.
Por Cléo Soares - Agência Pará

Nenhum comentário:

Postar um comentário