terça-feira, 17 de abril de 2018

Em noite apagada, Remo sofre com 'lei do ex' e perde na estreia da Série C

Eduardo, que jogou no Remo em 2013, fez o gol da vitória do Atlético Acreano em Rio Branco (AC). Oito dias após a conquista do título estadual, o Remo estreou na Série C do campeonato brasileiro com um jeitão de 'ressaca'. Sonolento e desorganizado, o Leão foi derrotado pelo Atlético Acreano, na Arena da Floresta, em Rio Branco (AC), na noite de ontem segunda-feira (16). O único gol do jogo ainda saiu dos pés de um ex-Remo. O meia Eduardo, que vestiu azul marinho em 2013, marcou aos 41 minutos da primeira etapa e garantiu o triunfo do Galo Carijó.
O Leão terá quatro dias de preparação até o jogo contra o Globo (RN), pela segunda rodada da Série C. O jogo está marcado para as 16h do sábado (21), no Mangueirão, em Belém. O Atlético Acreano só entrará em campo novamente no domingo (22), quando visitará o Santa Cruz, no Arruda, em Recife (PE), às 19h.
1º tempo: Remo perdido e Atlético Acreano 'canta de Galo'
Sem a compactação que vinha sendo uma marca do time na era Givanildo Oliveira, o Remo foi superado pelo Atlético Acreano na primeira etapa. Aos 11, o Leão, mais objetivo, ainda conseguiu assustar. Em cobrança de escanteio aos 11, Mimica testou e a bola quicou no gramado e saiu por cima do travessão. A resposta, porém, foi cinco minutos depois, quando Polaco recebeu passe de Eduardo em jogada ensaiada e bateu de dentro da área na rede pelo lado de fora.

Aos 22, um chute despretencioso de Felipe Marques, da intermediária, foi rebatido pelo goleiro Ruan. Elielton tentou aproveitar o rebote, mas não contou com a recuperação do goleiro. Dois minutos depois, Eduardo também bateu de fora da área e viu Vinícius defender em dois tempos, mas sem sustos.

O Leão tentava os chutes cruzados na área para encontrar Isac, que chegou atrasado em todos os lances. Aos 29, Mimica ainda colocou a bola na rede, mas já era marcada a falta de ataque remista. Aos 33, os donos da casa entraram na área remista novamente e Neto chutou forte, mas pela linha de fundo.

Na reta final, saiu o gol do Galo. Aos 41, Polaco colocou na área, Neto tentou o chute e foi travado pela zaga. A sobra, porém, ficou no pé de Eduardo, que só empurrou para a rede. 

2º tempo: Remo melhora, perde gols feitos e é derrotado
O Remo voltou um pouco mais ajustado e foi crescendo na partida na mesma medida em que o time acreano cansava. Aos 18, uma sobra da zaga em cobrança de escanteio terminou na cabeça de Elielton. O baixinho testou - no susto - e mandou por cima do travessão.

Aos 35, um passe açucarado de Isac para Felipe Marques, que recebeu dentro da área e bateu forte para a grande defesa de Ruan. Quatro minutos depois, uma bola respingada na frente da área do Galo e Jayme acertou um tubo, mas pela linha de fundo.

Felipe Marques voltou a ter chance claríssima de gol. No lance, o zagueiro Diego tentou afastar e errou. A bola ficou limpa para o camisa 11 do Leão, que bateu quase da linha do pênalti e viu Ruan fazer novo milagre.

No finalzinho, aos 45, o Remo teve nova oportunidade para o empate. Jefferson Recife recebeu na intermediária e foi para o chute, mas pegou mascado na redonda que foi no rumo de Jayme. O atacante, na frente do zagueiro, bateu de chapa na redonda e, da linha da pequena área, jogou pela linha de fundo.

No último lance, o Galo saiu em disparada para a última 'bicada' no Leão. Araújo recebeu na direita e tocou cruzado para o arremate de Rafael Barros, que não chegou a tempo e viu a redonda passar.

Ficha técnica (Atlético/AC 1 x 0 Remo)
Atlético/AC - Ruan; Matheus, João Marcus, Diego e Jeferson; Leandro (Wilson), Kássio e Polaco (Ancelmo); Eduardo, Rafael Barros e Neto (Araújo). Técnico: Maurício Carneiro (Interino)

Remo - Vinícius; Levy, Martony, Mimica e Esquerdinha; Dudu, Fernandes (Rodriguinho) e Adenílson (Jefferson Recife); Elielton (Jayme), Felipe Marques e Isac. Técnico: João Neto (Interino)

Gol: Eduardo 41'/1ºT (Atlético/AC)
Cartão amarelo: Elielton (Remo) 

Data: 16/04
Hora: 21h15
Local: Arena da Floresta (Rio Branco/AC)
Árbitro: Ivan da Silva Guimarães Junior - AM (CBF)
Assistentes: Uesclei Regison Pereira dos Santos - AM (CBF) e Anne Kesy Gomes de Sa - AM (CBF)
Público: 862 pagantes
Renda: R$ 17.580
(ORM)

Nenhum comentário:

Postar um comentário