quinta-feira, 19 de abril de 2018

Imerys lança relatório de responsabilidade social

Nos últimos cinco anos cerca de 50 mil pessoas foram beneficiadas com os projetos sociais da Imerys, mineradora que opera a maior planta de beneficiamento de caulim do mundo no Pará. As informações estão no Relatório Aqui Tem Responsabilidade Social, recém lançado pela empresa e que traz um panorama das ações de sustentabilidade nas comunidades de Barcarena e Ipixuna do Pará. A publicação está disponível para download no site http://www.imerysnopara.com.br/.
O relatório é motivo de orgulho para a empresa que tem como marca o compromisso com o desenvolvimento sustentável das comunidades onde está presente. “Estamos muito felizes por ter materializado nossas ações de responsabilidade social no relatório.

As iniciativas têm contribuído para a transformação social das comunidades, dando a oportunidade de capacitação, inclusão social, melhoria no aprendizado e a chance de serem donas do próprio negócio”, ressalta Juliana Carvalho, Coordenadora de Comunicação & Relações com as Comunidades da Imerys.
 
Entre as iniciativas que se destacam no Estado estão o reforço escolar que contribui para reduzir a defasagem de aprendizado nas disciplinas de Português e Matemática. Em 2017, o programa atendeu 923 de crianças matriculadas no Ensino Regular do 2º ao 5º ano, entre 7 e 12 anos

“A proposta do reforço escolar é trabalhar as disciplinas de Português e Matemática, mas ao observar a dificuldade de leitura, criamos a linha de alfabetização dentro do reforço e isso foi muito positivo. Os avanços têm sido incríveis”, diz a pedagoga Luiza Somenzari, que atua na Casa Imerys.  
 
Produção familiar - Em Ipixuna do Pará, a produção familiar tem sido alavancada por meio de consultoria financiada pela Imerys. A comunidade do Cajueiro comemora os resultados do programa de Avicultura, que impulsionou uma grande transformação social e econômica entre os comunitários. Iniciada em 2015, a ação beneficia 14 famílias. 

A cada três meses, os produtores destinam cerca de 200 frangos para comercialização nas comunidades vizinhas. A renda gerada é dividida entre os participantes do programa.
 
Já as famílias da comunidade Oliveira, também localizada em Ipixuna do Pará, recebeu o apoio da Imerys por meio do projeto de Piscicultura, que contribuiu para fortalecer a pesca artesanal na região ao desenvolver um modelo de produção familiar associativa. 

A iniciativa criou novas oportunidades de geração de renda na comunidade, beneficiando 16 famílias que receberam os insumos necessários à criação dos peixes, consultoria técnica e capacitação profissional. Além dos resultados de produção, a comunidade obteve uma grande conquista: desde julho de 2017, o projeto é autossustentável, sendo conduzido pelas próprias famílias.

Fabiana Gomes
Analista de Comunicação | Communication Analyst

Nenhum comentário:

Postar um comentário