sexta-feira, 27 de abril de 2018

Instituto Alcoa completa 28 anos de atuação em benefício do desenvolvimento sustentável de localidades no Brasil

 Instituto Alcoa beneficia milhares de pessoas em ações sociais pelo País . Presente em todas as localidades em que a Alcoa atua, o Instituto Alcoa acaba de completar 28 anos e os números mostram que há muito para comemorar. Em 2017, a organização fechou seu balanço com 30 projetos apoiados, 83.000 pessoas beneficiadas, cerca de 4.200 horas de trabalho voluntário e mais de 800 Alcoanos como voluntários, resultado de um investimento de mais de R$5 milhões aplicados pelo próprio Instituto e pela Alcoa Foundation.  
   O Instituto Alcoa atua em quatro áreas prioritárias: Programa de Apoio a Projetos Locais, Voluntariado, Projetos Estruturantes e Iniciativas Globais que, juntas e articuladas, contribuem para a promoção do desenvolvimento sustentável local. Temos grandes motivos para celebrar as diversas iniciativas realizadas ao longo desses 28 anos. Juntamente com nossos funcionários, clientes, fornecedores e organizações parceiras, demonstramos nosso compromisso com as comunidades onde a Alcoa está presente”, ressaltou Otavio Carvalheira, presidente da Alcoa no Brasil e do Conselho do Instituto Alcoa.
 
Ao longo desta trajetória, existem muitas histórias inspiradoras.
 
A professora Maria Francisca Morais Araújo, da Unidade de Ensino Básico Zebina Eugenia Costa, da comunidade do Tibirizinho, em São Luís, Maranhão ressalta a importância de fazer a diferença na vida das comunidades. Já foram vários os projetos do Instituto Alcoa que contribuíram para a comunidade: Projeto Cambará, ACTIONs, capacitações e desenvolvimento de projetos no programa ECOA, além da  participação em cursos, oficinas no Parque Ambiental da Alumar e no Conexão Sustentável Alcoa. 

Com tanta dedicação, foram muitos os prêmios e reconhecimentos recebidos pela organização: “Professores do Brasil (MEC)” e “Construindo a Nação (Sesi/Fiema)” pelo projeto Cuidar – Horta na Escola, desenvolvido junto ao Parque Ambiental da Alumar, além do reconhecimento “Escolas Sustentáveis”, uma iniciativa promovida em parceria com o governo do Estado e Tribunal de Justiça do Maranhão, que incentiva ações e projetos que favoreçam a transformação do ambiente escolar, com foco em ações de sustentabilidade. 

 “Para o alcance dos resultados desejados e a qualidade de vida, faz-se necessário realizar um trabalho coletivo, buscando parcerias da comunidade como um todo e de entidades responsáveis que estejam dispostas a colaborar para uma sociedade melhor, pautada na sustentabilidade, na valorização das pessoas. 

Para nós, foi de fundamental importância estabelecer parceria com a Alumar e Instituto Alcoa que muito enriqueceu o nosso fazer pedagógico e fortaleceu o protagonismo Juvenil no Tibirizinho”, destacou.
 
Lucas Carvalho de Arruda é um jovem vereador, de apenas 28 anos, da cidade de Poços de Caldas. Nascido na zona rural, onde morou, estudou e trabalhou até os 19 anos, ajudando os pais, Lucas acredita que o programa Miniempresa, iniciativa de voluntariado do Instituto Alcoa, foi fundamental na sua história de vida. Ele participou da turma do primeiro semestre de 2001, direcionada a alunos de escolas rurais da cidade. “Foram seis meses que deixaram muitas lições e ajudaram a me tornar o que sou hoje. 

A mais importante lição foi a de não desistir diante do primeiro não – eu tinha apenas 12 anos na época e a seleção dos participantes era para alunos acima de 13 anos. De tanto insistir, consegui participar e fui Diretor Financeiro da minha turma. O programa foi além de me ensinar a fabricar/gerenciar uma empresa de cabides de alumínio; ele expandiu a minha mente para novas perspectivas de vida e me ensinou a trabalhar em equipe. 

Também me influenciou na escolha do curso de Administração e abriu as portas para o estágio, na área de Planejamento Financeiro de uma grande empresa. Fui beneficiário das ações sociais da Alcoa e hoje tenho o maior prazer em ajudar a empresa a identificar investimentos que continuem impactando e transformando a vida de tantas pessoas.”
 
Renato Gomes nasceu em 30 de outubro de 1974, no município de Igarapé Miri, que fica na região Nordeste do Pará. Aos seis anos, mudou para Belém, na companhia da família, para poder estudar. Ainda em Belém, Renato conheceu a jurutiense Jucelande de Sousa Gomes, com quem casou e se mudou pra Juruti, aos 27 anos de idade. Hoje, aos 43 anos, casado, pai de três filhos, Renato diz ser o mais jurutiense entre os belenenses, pois foi em Juruti, no Oeste do Pará, que abraçou de vez a arte e a música, há 15 anos. 

Trompetista, com formação técnica em regência de orquestra e regência de coral, Renato não queria ver a banda passar. A Escola Municipal em Regime de Convênio Rosa de Saron, em Juruti, onde Renato trabalhava como vigia noturno, não tinha uma banda. Sete de setembro chegava e ele começou a ensinar música para os alunos durante o dia. Foi idealizado, então, o projeto "Pra Ver a Banda Tocar". 

E ele buscou ajuda para a compra dos instrumentos, que foi apresentado e apoiado Instituto Alcoa por meio do Programa de Apoio a Projetos Locais. Com a semente plantada, Renato fala dos frutos colhidos: "Hoje atendemos a pedidos de escolas, festas no município, conferências, posses, formaturas e vários outros eventos. Já ajudamos muitas crianças e adolescentes. Cerca de 200 pessoas já foram alunos e alunas do projeto. 

Aliás, tivemos uma aluna, que iniciou no nosso projeto e hoje está em Manaus, e que se revelou uma grande saxofonista, participando, inclusive, por ocasião da Copa do Mundo de 2014 como instrumentista convidada da orquestra de Manaus nos jogos realizados lá. Ver uma aluna tocar num evento da Copa do Mundo foi uma grande vitória”, conta o instrutor com orgulho.
 
Sobre o Instituto Alcoa:
 
Fundado em 1990, no Brasil, o Instituto Alcoa é uma entidade sem fins lucrativos, que busca promover transformações positivas nas localidades onde a Alcoa está presente, fortalecendo as comunidades e contribuindo para uma sociedade mais justa e responsável. 

O Instituto Alcoa tem como objetivo contribuir para o desenvolvimento sustentável local, atuando por meio do Programa de Apoio a Projetos Locais, Programas de Voluntariado, Projetos Estruturantes e Iniciativa Globais provenientes da Alcoa Foundation. Os temas considerados estratégicos para toda atuação do Instituto Alcoa são: educação; geração de renda e empreendedorismo; saúde; meio ambiente; governança e segurança. 
 
CONTATOS
 
Silvia Fujiyoshi 
Comunicação | Alcoa Juruti
Cel 93 981124433  - silvia.fujiyoshi@alcoa.com.br
 
José Ibanes
Relações com a Imprensa| AMG Santarém
Cel 93 992101756  - joseibanes@gmail.com.

Nenhum comentário:

Postar um comentário