domingo, 15 de abril de 2018

Na superação e no oportunismo de Cassiano, Papão vence a Ponte na Série B

A 'Garra' escrita na gola da camisa do segundo uniforme do Paysandu foi incorporada pelos jogadores no confronto contra a Ponte Preta, pela estreia da Série B do campeonato brasileiro. O Papão abriu o placar no início da partida e suportou a pressão da Macaca para garantir a vitória em pleno Moisés Lucarelli, em Campinas (SP), na noite de ontem sábado (14).
O gol do jogo saiu aos três minutos do confronto, em um passe errado do zagueiro da Ponte Preta, Renan Fonseca, que o artilheiro do Papão na temporada, Cassiano/foto (13 gols), não desperdiçou. O camisa 39 mandou de bico para colocar a redonda na rede da Macaca.
Assim como no ano passado, quando o Bicola venceu o Oeste na Curuzu na estreia daquela Segundona, o Papão larga na frente nesta primeira rodada e ganha seis dias de descanso até a segunda rodada, quando receberá o Londrina do técnico ex-Paysandu, Marquinhos Santos, às 21h30 desta sexta-feira (20), no Mangueirão, em Belém.

1º tempo: Cassiano oportunista e Papão na frente

Todo modificado, com três zagueiros, um volante e três atacantes, o Paysandu estreou na Série B com direito a gol relâmpago. Aos três minutos de jogo, o zagueiro da Ponte Preta, Renan Fonseca, tentou um passe arriscado na frente da área e deixou a redonda limpa para a chegada de Cassiano. O artilheiro do Papão mandou de bico e abriu o placar.

A Ponte sentiu o gol sofrido e quase leva o segundo aos 11, quando Moisés recebeu na área pontepretana, limpou a marcação de Tony e tocou para Cassiano chutar. A zaga travou. Aos 20, foi a vez de Perema, em sobra da zaga dentro da área, cabecear e obrigar o goleiro Ivan a fazer boa defesa.

A primeira chegada dos donos da casa - que jogava de portões fechados por conta de uma punição relativa à invasão da torcida no jogo que selou o rebaixamento da Macaca na Série A do ano passado - só ocorreu aos 25 minutos, em levantamento de Marciel, que encontrou Renan Fonseca. O zagueiro, que havia falhado no gol do Bicola, desviou com estilo e só não se redimiu porque a redonda saiu rente à trave direita de Renan Rocha.

O goleiro do Paysandu, aliás, entrou no caminho para a 'canonização' três minutos depois. No lance, Felipe Saraiva cruzou e Perema bateu de canela dentro da pequena área. A bola ficou para Junior Santos, que chutou e Renan Rocha defendeu de peito. A sobra ficou com Tony, que jogou pela linha de fundo.

No finalzinho, aos 46, Paulinho recebeu a sobra da zaga do Papão na frente da área e acertou uma pancada. Renan Rocha saltou para espalmar com estilo e garantir a vitória parcial.

2º tempo: Papão quebra a Ponte e vence em Campinas

A Ponte Preta voltou mais ofensiva. A necessidade do empate forçou a Macaca a se lançar à frente e deixou espaços para os contra-ataques do Papão. O primeiro foi aos 18 minutos, quando Mike lançou Cassiano na área e o atacante, de frente para o goleiro Ivan, chutou cruzado e viu a bola sair à direita, rente à trave.

Aos 25, porém, um dos vários atacantes da Ponte no jogo, André Luís, em seu primeiro lance no confronto, recebeu uma sobra da zaga na área, limpou Diego Ivo, saiu de Mike e chutou cruzado para a grande defesa de Renan Rocha. Aos 32, outra bola colocada na defesa bicolor e Diego Ivo acabou sendo acertado na cabeça por um desvio de Edimar e quase fez gol contra.

Na etapa final, aos 43, André Luís voltou a dar trabalho. O atacante saiu em disparada pela direita, ganhou de Nando Carandina já dentro da área e, no momento do chute, já na pequena área, foi travado por Magno, de carrinho. Aos 47, o mesmo André Luís cruzou na área e Felippe Cardoso finalizou no travessão de Renan Rocha.

Ficha técnica (Ponte Preta 0 x 1 Paysandu)
Ponte Preta - Ivan; Tony, Reynaldo (Murilo), Renan Fonseca e Marciel (Felippe Cardoso); Nathan, Paulinho, Felipe Saraiva (André Luís) e Lucas Mineiro; Orinho e Junior Santos. Técnico: Doriva

Paysandu - Renan Rocha; Perema, Edimar e Diego Ivo; Danilo Pires (Matheus Silva), Nando Carandina, Pedro Carmona (Willyam) e Matheus Müller; Moisés (Magno), Mike e Cassiano. Técnico: Dado Cavalcanti

Gol: Cassiano 3'/1ºT (Paysandu)
Cartões amarelos: Nathan (Ponte Preta); Renan Rocha (Paysandu)

Data: 14/04
Hora: 21h
Local: Moisés Lucarelli (SP)
Árbitro: Pericles Bassols Pegado Cortez - PE (CBF)
Assistentes: Clovis Amaral da Silva - PE (CBF) e Cleberson do Nascimento Leite - PE (CBF)
Fotos de dentro da matéria: Fábio Leoni/Ponte Press

Nenhum comentário:

Postar um comentário