coluna 3

Coluna 2

Coluna 1

segunda-feira, 21 de maio de 2018

Caminhoneiros protestam contra aumento no diesel

Um grupo de caminhoneiros autônomos protesta fechando a rodovia BR-316, na altura da entrada da Alça Viária, em Marituba, região metropolitana de Belém, na manhã desta segunda-feira (21). Os trabalhadores são contra o aumento de 0,97% no preço do diesel a partir deste terça-feira (22). Eles queimam pneus velhos e pedaços de madeira para impedir a passagem de outros veículos em ambos os sentidos da rodovia. A escalada nos preços acontece em meio à disparada nos preços internacionais do petróleo. Além de Belém, protestos também ocorrem em Barcarena.
"O protesto é contra o aumento dos combustíveis, que em uma semana aumentou três vezes. Também estamos denunciando uma situação de perseguição dos órgãos de trânsito também com os caminhoneiros. Já é uma situação de perseguição esses blitz e multas frequentemente. Sofremos muitas ameaças e extorsões também ", explica o caminhoneiro Francisco Santos Cavalcante, que participa do protesto na rodovia.

No início da manhã, caminhoneiros também fecharam várias vias em pelo menos 12 Estados: Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, São Paulo e Tocantins.
 
Segundo a Agência Nacional do Petróleo, do Gás Natural e dos Biocombustíveis (ANP), o preço médio do diesel nas bombas já acumula alta de 8% no ano. O valor está acima da inflação acumulada no ano, de 0,92%, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Nenhum comentário:

Postar um comentário