quinta-feira, 24 de maio de 2018

TV Cultura do Pará alerta para desligamento do sinal analógico

O sinal analógico da TV Cultura do Pará foi desligado em fevereiro deste ano no Estado. Mas os paraenses precisam ficar atentos para o desligamento do sinal nas demais emissoras do Pará, marcado para a próxima quarta-feira (30), em Belém e 11 municípios do interior do Estado. Em breve, será iniciado o processo de digitalização das 77 repetidoras no interior do estado. A emissora já transmite a programação toda em HD, sistema com melhor qualidade de som e imagem, desde o ano passado.  
Para se adequar a nova fase, a Cultura Rede de Comunicação investiu mais de um milhão de reais na aquisição de novos equipamentos de transmissão. Atualmente a emissora cobre 115 municípios do interior do Estado, e chega para mais de seis milhões de pessoas.

"Na realidade a TV Cultura pediu antecipação para Anatel e desligou o sinal analógico em Belém em fevereiro deste ano, mas agora esse desligamento vai ser em definitivo para os outros municípios da região metropolitana também", destaca Paulo Barros, da área técnica da TV Cultura do Pará. 

Na próxima quarta-feira (30), além de Belém, o sinal analógico também será desligado nos municípios de Ananindeua, Barcarena, Benevides, Bujaru, Cachoeira do Arari, Colares, Marituba, Ponta de Pedras, Santa Bárbara do Pará, Santa Isabel do Pará e Santo Antonio do Tauá.  

Atualmente, apenas as cidades de São Paulo e Brasília estão com sinal de TV 100% digital. Até dezembro deste ano mais de 1.300 cidades do Brasil terão o analógico totalmente desligado, o que deverá ocorrer em todo o território nacional até 2023. Segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), o desligamento do sinal vai liberar a faixa de 700Mhz para que a oferta de internet 4G possa ser expandida no Brasil. Quatro operadoras de telefonia móvel já compraram a banda. 

TV Digital
A grande mudança será a qualidade da imagem e som do televisor que terão mais nitidez e ficarão livres de ruídos e interferências, problemas comuns das TVs analógicas. Além disso, o sinal digital possibilita mobilidade (você pode ver TV pelo celular, tablets, laptops etc) e interatividade (é possível acessar a internet a partir do aparelho de televisão).

Para ter acesso ao sinal digital há duas formas. A primeira é comprando um conversor para receber o sinal digital na televisão de tubo (aquelas mais antigas). A outra é adquirindo aparelhos de tv que já possuem o conversor embutido. Como muitos canais de televisão ainda estão em processo de migração do sinal analógico para o digital, durante o processo é preciso fazer regularmente a busca dos canais digitais na sua tv. 

Pessoas de baixa renda beneficiárias de programas sociais do Governo Federal como Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida, Tarifa Social de Energia Elétrica e outros, têm direito a receber, gratuitamente, kits com antena e conversor para o sinal digital. A lista de beneficiários é fornecida pelo Ministério do Desenvolvimento Social. Consulte: (http://www.sejadigital.com.br/cidade?url=kit) se você está incluído na relação ou ligue para o telefone 147.

Telespectadores que não conseguirem sintonizar o sinal da TV Cultura do Pará podem mandar e-mail para área técnica da emissora, por meio do endereço: tecnicatv@funtelpa.com.br, e relatar o problema. 
Por Bruno Magno

Nenhum comentário:

Postar um comentário