sábado, 16 de junho de 2018

Ananindeua: Sobrinho mata tia com quem tinha relacionamento amoroso

Um caso assustou moradores no conjunto Cidade Nova 8, em Ananindeua, região metropolitana de Belém. Um sobrinho confessou ter matado a própria tia, com quem afirmou em depoimento que tinha um relacionamento amoroso e uma dívida de 7 mil reais. Eliete Nascimento Batalha, de 52 anos, foi encontrada morta em sua residência, ontem sexta-feira (15). Poucas horas depois do crime, Carlos Cristiano Sena dos Santos, de 31 anos, foi identificado como autor do assassinato e preso. 
A vítima estava sendo procurada por parentes desde a noite de ontem (14), dia do seu aniversário. Por conta do dia de comemoração, familiares foram até a casa de Eliete com comidas e salgados por volta das 20 horas, mas encontraram o local trancado. Apesar do estranhamento inicial, decidiram ir embora. 

Informado do sumiço de Eliete, o irmão da vítima decidiu ir até à casa da mulher e arrombar a porta, por volta das 9h de hoje. Lá, encontrou a irmã morta, caída no corredor próximo à cozinha. 

O delegado Carlos Alexandre, da Seccional da Cidade Nova, foi ao local e conseguiu levantar a informação de que a mulher teria processado o sobrinho pela falta de pagamento de uma dívida. 

A casa não foi arrombada, o que levou a Polícia a acreditar que o assassinado seria conhecido de Eliete. Segundo a perícia, a vítima foi morta com golpe de objeto cortante na área do pescoço, mas a polícia não encontrou a arma do crime no local. 

Após ser preso, Carlos disse em depoimento que sabia da prisão e já estava aguardando a chegada da polícia. Em depoimento, o acusado informou que não conseguiu pagar o dinheiro que pegou com a tia para montar uma pizzaria, já que ainda não estava tendo lucro. Ele relatou que, no dia do crime, procurou a vítima para efetuar parte da primeira parcela que devia e foi até a residência. Ao tentar pagar, a mulher teria sido agressiva e ameaçado em contar para a esposa dele sobre o relacionamento amoroso.

Em meio a discussão, segundo o criminoso, ela teria se armado com a faca e para se defender ele a teria desarmado e efetuado o golpe no pescoço.
Carlos foi autuado em flagrante pelo crime de homicídio. (ORM)

Nenhum comentário:

Postar um comentário