sábado, 30 de junho de 2018

Remo faz 3 a 0 no Juazeirense e vislumbra uma luz no fim do túnel da Série C

Mesmo que ainda esteja na lanterna, Leão mostra que se mantém vivo na disputa e volta a vencer. Mesmo que a lanterna continue, o Remo mostrou na noite de ontem sexta-feira (29) que ainda tem o que mostrar na Série C do Campeonato Brasileiro, após dar um chocolate no Juazeirense e vencer por 3 a 0. O Leão se mostrou mais confiante em campo e obteve a primeira vitória na volta do técnico Netão. Jogando em casa, o Isac, Gabriel Lima e Rodriguinho foram os maestros da vitória no Mangueirão que ainda dá chances matemáticas de classificação para os azulinos.
 Primeiro tempo: Isac e Rodriguinho reerguem o time

O jogo começou com o Remo atacando sempre que conseguia, mostrando que tinha cansado de fazer feio jogando em casa. A atuação de Nininho foi de grande importância, pois o jogador mostrou domínio e uma boa visão de jogo. se movimentando bastante e fazendo ótimas assistências. Rodriguinho também não descansou e atacou o tempo todo, dando trabalho ao goleiro TIgre.

Aos quinze minutos, Rodriguinho e Ruan atuam em um belo ataque conjunto. Na primeira tentativa não sai gol, mas aí a bola sobra para Isac. Ele finaliza de cabeça e faz o gol que abre o placar da partida. 

Rodriguinho se manteve bem posicionado do primeiro tempo e teve várias chances. Aos 21 minutos, Leandro Brasília manda um ótimo passe para ele, que não alcança a bola e acaba perdendo a chance de gol em confronto solo com o goleiro. 

Aos 25 minutos, ele tenta outra vez com um bomba de fora da área, mas acaba esbarrando no travessão do gol do Juazeirense. O goleiro Tigre ainda fez importantes defesas, mas foi em seu erro que o Remo ampliou o placar.
Aos 42 minutos, Tigre vai repor a bola e falha feio. Ele chuta, a pelota pinga e cai no pé de Rodriguinho. o azulino só bate, de primeira, e faz o segundo gol do Remo.

O Juazeirense voltou um pouco melhor no começo do segundo tempo, mas ainda assim não pôde reverter sua situação. Aos 21 minutos, Jussimar arriscou um chute forte de fora da área e mandou um míssil para Vinicius defender. O goleiro do Remo brilhou, e marcou seu "golaço" com uma bela defesa. 

O terceiro gol do Leão foi bonito por completo: um belo passe de Nininho quase no meio do campo, um belo domínio de Isac que recebeu e cruzou para Gabriel Lima na cara do gol, que deu um belo chute de finalização e marcou o terceiro. Aos 25 minutos, Remo 3 a 0.

O Remo manteve o domínio do jogo até o fim, arriscando pouco, mas sem deixar de atacar. O desespero dos jogadores do Juazeirense, que também amargam as últimas posições da tabela, ficou evidente no final e resultou uma chuva de cartões amarelos após agressões. No fim, o Remo respirou e pode soltar o grito de vitória que há tempos não saia da garganta.

Ficha técnica (Remo 3 x 0 Juazeirense)
Juazeirense - Tigre, Carlinhos, Júnior Gaúcho, Eron, Waguinho, Deca, Levi (Toni Galego), Salatiel (Capone), Victor Sapo, Juninho Tardeli, Jussimar (Cascata). Técnico: Ailton dos Santos Silva
Remo - Vinicius, Moisés, Romário, Fernandes, Nininho, Vacaria (Geandro), Leandro Brasília, Dudu (Everton), Rodriguinho, Gabriel Lima, (Ruan), Isac, Técnico: João Neto
Gols: Isac 16'/1ºT; Rodriguinho 42'/1º T e Gabriel Lima 25'/2º T (Remo)
Cartões amarelos: Carlinhos, Júnior Gaúcho, Eron, Waguinho, Jussimar (Juazeirense); Rodriguinho e Gabriel Lima (Remo)
Data: 29/06
Hora: 21h45
Local: Mangueirão - Belém (PA)
Árbitro: João Batista de Arruda (RJ - CBF)
Auxiliares: Dibert Pedrosa Moisés (RJ - CBF) e Diogo Carvalho Silva (RJ - CBF)
(ORM)

Nenhum comentário:

Postar um comentário