sábado, 7 de julho de 2018

Recadastramento para gratuidade de pessoas com deficiência nos transportes intermunicipal continua

Durante esta semana, as pessoas com deficiência da região do município de Paragominas participaram do recadastramento para a emissão da carteira de gratuidade intermunicipal. Durante os três dias de atendimento, os profissionais da Agência de Regulação e Controle de Serviços Públicos do Estado do Pará (Arcon) e da Secretaria de Saúde Pública do Estado do Pará (Sespa) registraram e fizeram avaliações no Centro de Reabilitação da Pessoa com Deficiência. Mais de 1,5 de pessoas já se recadastraram. Quem perdeu o prazo ainda pode se recadastrar.
Ainda em julho, será reprogramado na 6ª Regional da Sespa o retorno a Abaetetuba e definido o período de cadastramento para o município de Moju. A partir de segunda-feira (9), a 6ª Regional volta a atender normalmente.

As pessoas que perderam o primeiro prazo podem procurar o atendimento, caso a documentação e o laudo médico estejam em dia e sejam válidos. Caso contrário, será realizado agendamento com um especialista. Em Barcarena, a 7ª Regional também volta a atender a começar da segunda-feira (9).

Em Belém, os atendimentos passam a ocorrer normalmente. A contar da segunda-feira (9), os pacientes que demandarem atendimento oftalmológico e otorrinolaringológico no Centro Integrado de Inclusão e Cidadania (CIIC) serão encaminhados para lá.

Na próxima semana, entre os dias 9 e 11, o atendimento será no município de Soure, no Marajó, no auditório do Centro de Atendimento Psicossocial (Caps), na Quarta Rua, s/n, entre as travessas 12 e 13. O atendimento contará com o apoio da Secretaria Municipal de Saúde e será destinado a todas as pessoas da região do Marajó.

O lote com mais de 1 mil documentos das pessoas que solicitaram a carteira em Paragominas e na Região Metropolitana de Belém - cujo recadastramento foi realizado entre os dias 25 e 29 de junho - será encaminhado na próxima semana à Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Pará (Prodepa).

Na região do Baixo Tocantins, 500 cadastros foram realizados e os documentos já foram enviados à Prodepa. A expectativa é entregar as carteiras solicitadas nos municípios de Abaetetuba, Igarapé Miri e Tailândia, na região do Baixo Tocantins, e em Barcarena, na região metropolitana de Belém, no início do mês de agosto.

Documentos
Para o recadastramento, são necessárias duas fotos 3x4, cópias e originais do documento de identidade, CPF, comprovante de residência, e laudo válido, se houver.
O direito da pessoa com deficiência à gratuidade no transporte intermunicipal nos ônibus e embarcações é assegurado por lei, através do Decreto Estadual nº 1.935, de 6 de dezembro de 2017.

O direito da pessoa com deficiência à gratuidade no transporte intermunicipal nos ônibus e embarcações é assegurado por lei, através do Decreto Estadual nº 1.935, de 6 de dezembro de 2017.
Por Vanessa Pinheiro - Agência Pará

Nenhum comentário:

Postar um comentário