quinta-feira, 30 de agosto de 2018

Marido que baleou servidora da Ufopa no rosto é preso em Santarém

Operação prendeu ainda homem que envenenou a ex-companheira colocando veneno em um sorvete. A Polícia Civil prendeu três homens em cumprimento a mandados de prisão preventiva, por crimes relacionados à violência doméstica contra a mulher, em Santarém, oeste do Estado. Um dos presos é Hilderley dos Santos Castro, marido da servidora pública Poliana Stabenow, da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa). Ela foi baleada no rosto pelo acusado, no último dia 23, em casa, na sede do município. A vítima permanece internada. Hilderley está indiciado pelo crime de tentativa de feminicídio. 
As prisões foram realizadas pela equipe da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de Santarém. As prisões foram cumpridas durante a operação denominada "Zeus" deflagrada para dar cumprimento a três mandados de prisão preventiva. Dois deles - Reginaldo de Lima Sousa e Hilderley Castro -  indiciados por tentativa de feminicídio e o outro - Bruno Henrique Castro Fonseca - por crimes de lesão corporal, ameaça, injúria e quebra de medidas protetivas. 

Reginaldo Sousa responde por tentativa de feminicídio. Ele envenenou a ex-companheira colocando veneno em um sorvete que a vítima ingeriu. Hilderley Castro disparou um tiro de revólver no rosto da esposa. O crime ocorreu quando a vítima amamentava a filha de 5 meses de vida. A mulher está internada no Hospital Municipal de Santarém (HMS). Já o preso Bruno Henrique Castro Fonseca é acusado de cometer crimes contra a ex-companheira. Com eles, foram apreendidas armas e munições no momento da prisão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário