quinta-feira, 13 de setembro de 2018

Documentário da TV Cultura do Pará mostra gastronomia do Baixo Amazonas

É de dar água na boca! Assim pode ser definida a produção "Piracaia - Sabores do Baixo Amazonas", o novo documentário da TV Cultura do Pará que será exibido neste domingo (16), às 21h, com reprise no próximo domingo (23), no mesmo horário. Gravado na região do Baixo Amazonas, a produção mostra toda a diversidade gastronômica do município de Santarém. A direção do documentário é de Felipe Cortez, com produção de Moana Mendes e Diego Raoni, e edição de Júnior Braga. 
"A ideia do documentário surgiu durante uma viagem da equipe da TV Cultura para Juruti, na região oeste paraense, onde pensamos em criar um produto para mostrar a diversidade gastronômica do local. 

Então criei o roteiro e em menos de duas semanas já estávamos de volta a Santarém para gravar o documentário. Mas a ideia mesmo foi homenagear a região de Santarém por ocasião da Festa do Çairé", destaca o jornalista Felipe Cortez, diretor do documentário.

De acordo com Cortez, o objetivo principal do documentário, que tem 52 minutos, é traçar uma cartografia de ingredientes, pratos, lugares, chefs e histórias da região de Santarém. "É uma espécie de roteiro turístico e gastronômico de Santarém por meio de sua comida. 

Ao mesmo tempo em que conhecemos as comidas, também conhecemos as pessoas que criam e fazem essas delícias. O que é muito central nessa história é a ideia de essência que os santarenos têm dos peixes da região, já que eles fazem parte de 90% da gastronomia local", completa.

O documentário acompanha os trabalhos do renomado chef Saulo Jennings, considerado embaixador da culinária santarena. Na produção, ele apresenta a cidade de Santarém, bem como, as maravilhas culinárias da região na famosa "Casa do Saulo", ponto de encontro da gastronomia da cidade. 

Em paralelo a isso, a produção destaca outros chefs de cozinha locais e da vila de Alter do Chão, distrito de Santarém, como Paula Mello e Juana Galvão. Os personagens demonstram iniciativas de sucesso com o pescado na região que vão desde a cozinha vegana até o peixe preparado de forma artesanal.   

Mas o documentário também dialoga com os santarenos que exaltam essa cultura gastronômica e destacam a importância do peixe na região do Baixo Amazonas. A cadeia de produção do pescado que abastece a cidade ganha destaque na produção por meio da comunidade de Ipixuna do Tapará, que realiza o manejo do pirarucu, peixe bastante consumido na região. Por lá, ficaram eternizadas histórias de quem depende da pesca para manter viva a culinária santarena.  

"Apesar de estarmos no mesmo Estado, conhecemos pouco a região oeste paraense e vice-versa. Então, o documentário é uma forma da gente reconhecer a diversidade dessa região. Mas é importante destacar que quando produzimos o documentário não pensamos nessa questão geográfica. A ideia foi mostrar Santarém para o mundo, já que o documentário busca um alcance mais universal", finaliza o jornalista. 

O documentário foi filmado durante seis dias no município de Santarém e no distrito de Alter do Chão, além da região de "Cucurunã". No total, 12 profissionais da Cultura Rede de Comunicação foram envolvidos na produção, que tem direção de fotografia de Hélio Furtado e som direto de Alesson Barros. 

Serviço: TV Cultura do Pará exibe o documentário "Piracaia- Sabores do Baixo Amazonas" neste domingo (16), às 21h, com reapresentação no próximo domingo (23), no mesmo horário. (Bruno Magno)


Nenhum comentário:

Postar um comentário