coluna 3

Coluna 2

Coluna 1

quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Educação no trânsito é tema de evento em Santarém



O município de Santarém, no oeste do Estado, recebe a Semana Nacional do Trânsito, que começou na manhã de ontem quarta-feira, 19, na sede do Instituto Esperança de Ensino Superior, no bairro Caranazal. Estudantes das escolas estaduais Heloísa Nunes Medeiros, São Raimundo, Escola Técnica do Pará e representantes da Cooperativa de Táxis dos municípios participaram do lançamento.
 “Nós somos o terceiro município com a maior frota de veículos do Estado. Por isso, temos a necessidade de intensificar cada vez mais esse trabalho voltado para educação no trânsito, exatamente para que possamos chamar a atenção dos condutores e pedestres, da necessidade da mudança do comportamento para evitar acidentes e, principalmente, mortes”, ressaltou o secretário de Mobilidade e Trânsito de Santarém, Paulo Jesus.

Até o mês de junho deste ano, 352 acidentes de trânsito foram registrados em Santarém, de acordo com levantamento realizado pelo setor de estatística do Departamento de Trânsito do Pará (Detran). O estudo mostra que o número de acidentes comparado ao ano passado diminuiu em 401 casos, quando foram registrados 753 acidentes. Por ser considerado exemplo com um número positivo, Santarém foi escolhida pelo Detran para o lançamento da campanha nacional da Semana Nacional do Trânsito.

“Hoje, estamos mostrando para a sociedade do oeste do Pará, o quanto é importante você respeitar e ser respeitado no trânsito, ou seja, sua atitude faz a diferença”, explicou Walmero Costa, diretor técnico operacional do Detran.
De acordo com o coronel Heldson Tomaso, comandante de policiamento regional, a prevenção de acidentes no trânsito atinge diretamente o trabalho ostensivo da Polícia Militar. “Quando eliminamos os acidentes de trânsito, utilizamos com menor frequência nossas equipes. 

Desta forma, deixamos a equipe disponível para as ocorrências repressivas, garantindo assim a segurança dos cidadãos, tanto pedestres como condutores”, destacou.

O médico Guataçara Gabriel iniciou o evento com a palestra “Quero andar de moto até morrer, mas não quero morrer andando de moto”. O profissional tratou da importância dos cuidados no trânsito para evitar acidentes.
Guilherme Teixeira, da Polícia Rodoviária Federal, ministrou a palestra “Projeto Cinema Rodoviária”, mostrando as principais causas de acidentes no trânsito e os fatores de agravamento dos acidentes, como a falta de cinto de segurança ou cadeirinha, ultrapassagem proibida por sinalização, álcool e excesso de velocidade.

Em seguida, Marcelo Santos, coordenador de Educação do Município de Santarém, falou sobre: “Desconecta. Trânsito ON, Celular OFF”. A importância de não usar o celular durante o trânsito e assim, evitar acidentes.

Walmero Costa, do Detran, proferiu sobre a “Tecnologia aliada a Fiscalização de Trânsito com intuito de Prestação de Serviços na Segurança Pública”, um serviço que ajuda na hora da fiscalização ter acesso ao banco de dados do sistema de segurança pública, como ficha criminal e carros apreendidos.
A equipe da Escola Pública de Trânsito do Detran utilizou a arte-educação através da peça teatral Encantados no Trânsito para finalizar o evento.
Números - De acordo com os dados Estatísticos do Detran, o número de mortes em acidentes de trânsito até junho deste ano caiu, comparado a 2017. Apenas 12 casos foram registrados. No ano passado, 41. Essa diminuição se deve ao trabalho da Escola Pública de Trânsito, do Detran.
A Educação no trânsito é aplicada durante todo o ano pelo Detran, sendo que a Semana Nacional de Trânsito é caracterizada para intensificar o que já é trabalhado através de cursos, oficinas, atividades e ações educativas para que favoreça à população uma maior consciência e conhecimento de seu objetivo.

O lançamento oficial da Semana Nacional do Trânsito, em Santarém, é realizado pelo Detran em parceria com Instituto Esperança de Ensino Superior, Secretaria de Mobilidade e Trânsito de Santarém, Polícia Rodoviária Federal, Centro Regional de Governo do Baixo Amazonas, Escolas Estaduais da 5 URE, Batalhão de Polícia Rodoviária, Ministério Público e Prefeitura Municipal de Santarém. (Cristiani Sousa)

Nenhum comentário:

Postar um comentário