domingo, 16 de setembro de 2018

Papão empata fora de casa e segue próximo da zona de rebaixamento

O Paysandu teve um bom desempenho na partida de ontem sábado (15),  especialmente no primeiro tempo, quando conseguiu chegar com perigo a área do adversário e viu o goleiro Fábricio fazer ao menos três grandes defesas. Mas não conseguiu transformar as boas chances em gol e ficou no empate por 1 a 1 com o Boa Esporte, no estádio Dilzon Melo, em Varginha, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.
O resultado é péssimo para o Bicola, que soma 30 pontos, na 16º colocação, e continua próximo da zona de rebaixamento. Enquanto, a Coruja segue no Z-4 com 29 pontos. O próximo compromisso da equipe bicolor é contra o Criciúma no sábado (22), às 16h30, no estádio da Curuzu. Já o Boa vai até o estádio Walter Ribeiro para enfrentar o São Bento, na sexta-feira (21), às 20h30.

Primeiro tempo
O jogo começou com o time bicolor bem articulado e indo para cima da equipe da casa. Mas O Boa Esporte, aos 5 minutos, realizou um lance certeiro. Após lateral cobrado pela direita, Douglas Baggio tocou de cabeça para o meio da área para William Barbio apenas finalizar e mandar a bola para o fundo das redes. 1 a 0 para a Coruja.

A vantagem no placar continuou empolgado o Boa Esporte, aos 8, após a cobrança da falta pra área, a bola sobrou pro zagueiro Caíque, que pegou sem jeito e manda por cima do gol. O Papão conseguiu reagir aos 12, Nando Carandina acionou Mike pelo meio, ele recebeu e bateu na saída do goleiro, mas Fabrício fez grande defesa e evitou o empate.

Aos 28, Mike bateu forte cruzado e Fabrício defendeu. Na Sobra, Renato Augusto tentou o rebote, mas o goleiro do Boa mais uma vez foi buscar. Já aos 30, na cobrança do escanteio, o camisa 9 bicolor, Hugo Almeida, subiu sozinho para testar e empatar a partida em Varginha.

Segundo tempo
Na volta do intervalo, Douglas Baggio, aos 10 minutos, arriscou do meio da rua, a bola bateu na zaga e Renan Rocha fez grande defesa. As 13, Hélder invadiu a área do Papão e foi derrubado por Diego Ivo, equipe do Boa pediu pênalti,  mas o juiz mandou seguir.

Em contra-ataque puxado pelo Boa, aos 32, Daniel Cruz levantou para Douglas Baggio, que se atirou na bola e Renan Rocha fez a defesa salvando o Paysandu. Já aos 35 o time Alviceleste aproveitou a bola parada para criar boa chance de gol. Pedro Carmona bateu falta de longe e Fabrício foi no canto fazer a defesa.

No minuto seguinte, Hélder recebeu no meio após contra-ataque, mas na hora de bater não pegou em cheio e desperdiçou boa chance de marcar. Aos 47, Mike saiu em contra-ataque para o Paysandu, mas antes de finalizar, Jadson chegou e tirou na Hora H.
 Ficha técnica (Boa Esporte x Paysandu)
 Boa Esporte - Fabrício, Caique, Rodrigo, Jadson, Maycon, Djavan, Helder, Alyson (Daniel Cruz) (Manoel), Bruno Tubarão (Juninho Potiguar), Willian barbio, Douglas Baggio. Técnico: Ney da Matta
Paysandu - Renan Rocha, Maicon Silva, Perema (Guilherme Teixeira), Diego Ivo, Guilherme Santos, Nando Carandina, Renato Augusto, Willyam (Pedro Carmona), Thomaz (Magno), Mike, Hugo Almeida. Técnico: João Brigatti

Gols: Hugo Almeida 29'/1ºT (Paysandu);  Willian barbio  5'/1ºT  (Boa Esporte);
Cartões amarelos:  Renato Augusto (Paysandu);  Helder e Wiliam Barbio (Boa Esporte)

Data: 15/09
Hora: 16h30
Árbitro: Antônio Dib Morais de Sousa
Assistentes: Rogério de Oliveira Braga e Mauro Cezar Evangelista de Sousa
ORM

Nenhum comentário:

Postar um comentário