sexta-feira, 26 de outubro de 2018

Debate da TV Liberal lotou as ruas próximas à emissora

Eleitores e correligionários assistiram aos pronunciamentos dos candidatos nos telões. O debate entre os candidatos a governador do Estado, Márcio Miranda (DEM) e Helder Barbalho (MDB), na TV Liberal, na noite de  ontem quinta-feira (25), foi acompanhado por simpatizantes de cada candidatura do lado de fora da sede da emissora na avenida Nazaré. Na esquina com a Travessa Dr. Moraes, concentrou-se a torcida de Helder Barbalho. Já a torcida de Márcio Miranda posicionou-se no cruzamento da Nazaré com a Benjamin Constant. Ao longo do debate tenso entre Márcio e Helder, predominou a tranquilidade entre os torcedores.
Leia também:   
Antes do debate, muita animação das torcidas. Do lado de Helder Barbalho, todo  mundo de azul circulou na área de concentração; na torcida de Márcio, pessoas vestidas com a cor amarelo mobilizaram-se desde cedo. Telões foram instalados em plena avenida para que as pessoas pudessem conferir cada detalhe do Debate.

 Às 19 horas, um efetivo de 48 homens da Polícia Militar do Pará passou a atuar na área de acesso ao Debate na TV Liberal. O comandante do 1º BPM, tenente coronel Luiz Otávio Rayol, informou que a PM teve o apoio da Guarda Municipal de Belém (GBEL) e da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob).

Os policiais e viaturas foram posicionados em frente a cada torcida mantendo uma distância expressiva entre os respectivos blocos, como estratégia para se evitar confrontos.
Apoio - Ao longo do Debate, os manifestantes preferiram assistir aos pronunciamentos dos candidatos nos telões, expressando seu apoio a Helder e Márcio quando esses respondiam a perguntas. 

 “O debate é oportuno para divulgar as propostas dos candidatos”, declarou a autônoma Margareth Maia, 60 anos, simpatizante da candidatura de Márcio Miranda.
Luiz Leal, 54 anos, servidor público, também compareceu às proximidades da sede da TV Liberal para manifestar seu apoio ao candidato Márcio Miranda.

“Pela primeira vez, no Brasil, não teremos debate presidencial. Então, o debate aqui, em Belém, é muito importante para se ouvir as propostas dos candidatos”, afirmou Luiz Leal.
Para Bruno Mendonça, 36 anos, técnico em segurança do trabalho, e simpatizante da candidatura de Helder Barbalho, o debate contribui para informar aos eleitores sobre o que pensam os candidatos ao Executivo Estadual. Bruno disse que cada eleitor, que como ele, foi até a porta da emissora, aproveitou para defender o voto naquele que considera melhor para o Estado.
 
“O Debate define o voto para muita gente na comunidade”, afirmou Rosa Cruz, 51 anos, agente de Saúde e no apoio ao candidato Helder Barbalho. Na saída dos candidatos da emissora, após o Debate, no final da noite, os simpatizantes de cada candidatura ratificaram o apoio a Márcio Miranda e a Helder Barbalho às vésperas do pleito do Segundo Turno das Eleições 2018 neste domingo. (ORM)

Nenhum comentário:

Postar um comentário