segunda-feira, 29 de outubro de 2018

Dedicação e solidariedade definem exemplos de servidores públicos

Ana Miranda, conhecida como “Donana”, lembra como se fosse hoje o dia em que deixou currículo na Fundação Santa Casa de Misericórdia, nos idos de 1986, quando procurava por uma oportunidade no mercado de trabalho. Atualmente, aos 64 anos e com uma relação bem mais que profissional com a instituição, ela é conhecida por sua dedicação e solidariedade, o que a tornou uma das servidoras exemplo do Estado e, por isso, homenageada no dia 28, Dia do Servidor Público.
 Donana se destaca especialmente pelo prazer que sente ao servir ao público que precisa de atendimento. “Aqui eu aprendi a ser ouvidora”, explicou. “Lembro que com uma semana me chamaram. Comecei na limpeza, com dois anos fui pra cozinha, onde fiquei 12 anos. Depois passei 13 anos no banco de leite, inclusive fui mãezinha do aleitamento homenageada em 2008, uma das emoções da minha vida”, relatou.

Foram tantos momentos colecionados, mas Donana guarda dois no coração entre os mais especiais: o dia que ajudou uma mãe a acreditar que o seu filho poderia se salvar e também quando reencontrou algumas peças que lavou tantas vezes no Museu da Santa Casa.

“A gente sabe que fez a diferença na vida dessa mãe, pelo cuidado, pela atenção. E o dia que eu vi as louças, nossa, quando vi dentro do armário, me emocionei. Foram tantas vezes que lavei. E era muito serviço na época, tinha que lavar janelas, paredes. Hoje é mais fácil, mais moderno”, conclui, dizendo que se sente realizada, mas que não pensa em se aposentar ainda. “Se eu ficar em casa vou adoecer. Prefiro trabalhar com os meus pacientes, usuários, que precisam muito de mim e os colegas”.

Servidor Nota 10 - “É muito mais do que eu mereço. Estou muito feliz”. Foi assim, entre emocionada e surpresa, que a agente administrativa Maria Eliete de Lima, 57, da Diretoria de Desenvolvimento Organizacional e Governança Pública (DDG), recebeu a notícia de que tinha sido escolhida a Servidora Nota 10 da Secretária de Estado da Administração (Sead). Ela representará o órgão na solenidade de premiação da 9ª edição do concurso, no dia 27 de outubro, no Hangar Centro de Convenções da Amazônia.

O concurso do Governo do Estado visa homenagear e premiar os melhores profissionais de cada órgão, evidenciando a referência de qualidade do serviço público, além de estimular a eficácia dos serviços prestados à população. Servidora da secretaria há 32 anos, Maria Eliete foi indicada ao prêmio pela diretoria da DDG, setor onde já atua há 20 anos. “Para mim é um grande privilégio trabalhar na Sead. Nunca faltei, nem fiz corpo mole. Estou sempre pronta a ajudar. A secretaria é minha segunda família”, assegura.

Base da gestão pública - Por considerar o servidor o pilar da gestão pública, desde 2011 a Política de Gestão de Pessoas do Governo do Pará tem como principal diretriz a valorização do funcionalismo. Implantada sob a coordenação da Secretaria de Estado de Administração (Sead), essa ação estratégica busca oferecer aos servidores uma política salarial justa. De acordo com Alice Viana, secretária de Estado de Administração, houve reajustes reais de salário no período de 2011 até 2015, mas durante o período de crise econômica essa prática foi inviabilizada.

“De 2016 para cá ficamos impossibilitados de reajustar salários porque fizemos a opção por manter o pagamento do funcionalismo em dia, manter o pagamento de 13º, pagar as promoções, as vantagens que os servidores têm. Enfim, fomos na contramão da maioria dos estados da Federação que, ao longo deste período de forte crise econômica que o País atravessa, deixou de pagar o funcionalismo”, ressaltou.

Entre os anos de 2011 e 2018, a remuneração média dos servidores aumentou de R$ 2.966,16 para R$ 5.578,38. Em 2018, o gasto com pessoal e encargos sociais com os servidores ativos do Poder Executivo chegou a R$ 8,1 bilhões??, incluindo o 13º salário. Comparado ao valor corrigido do gasto registrado em 2011, primeiro ano da atual gestão, quando o montante foi de R$ 6,2 bilhões, houve crescimento real de 30,6%.

Quanto ao quadro de pessoal do Executivo, no período de janeiro de 2011 a dezembro de 2017, o número de contratados passou de 101.666 para 109.000, representando um crescimento de 7,92%. Atualmente, desse total 79,51% (85.614) são ocupantes de cargos efetivos ou funções permanentes; 13,78% (14.838) são temporários e 2,85% (3.070) ocupam cargos ou funções comissionadas, sem vínculos efetivos com o serviço público.

Outra marca da gestão estadual é a realização de concursos públicos, tanto para a renovação do quadro de servidores quanto para o aumento de pessoal. O Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Administração (Sead), realizou em 2018 seis concursos: 

Agência de Regulação e Controle de Serviços Públicos (Arcon); Instituto de Gestão Previdenciária do Estado do Pará (Igeprev), Secretaria de Estado de Educação (Seduc), Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado do Pará (Susipe) e Secretaria de Comunicação (Secom), Fundação Carlos Gomes (FCG) ofertando totalizando 3296 vagas.

De 2011 até 2018, já foram realizadas 16.948 nomeações de servidores estaduais. Só na segurança pública foram sete concursos realizados, de 2015 até aqui, com 3.109 servidores nomeados no Corpo de Bombeiros e Polícias Civil e Militar.

Qualidade de vida - Além do plano de saúde exclusivo para servidores públicos e pensionistas, o Governo do Pará, por meio da Sead, mantém um programa voltado ao servidor público estadual que visa melhorar a qualidade de vida e a saúde: o “Servidor na Academia”. A partir de convênios com diversas academias de ginástica credenciadas, espalhadas por 15 municípios, incluindo a capital, o Estado garante ao funcionalismo descontos que variam de 10% a 50% na mensalidade.

“O objetivo é facilitar o acesso desses servidores às academias e incentivar a prática de atividade física orientada por profissionais capacitados, em ambientes adequados, promovendo a prevenção de doenças e estimulando hábitos de vida mais saudáveis, além de maior integração social”, informa a secretária Alice Viana.

Entre as ações de valorização destacam-se a Corrida e Caminhada do Servidor, evento que conta com o apoio de vários órgãos estaduais. A edição de 2018 irá reunir 1.200 atletas no dia 10 de novembro, na prova em comemoração ao Dia do Servidor Público.
Texto:
Natália Mello

Nenhum comentário:

Postar um comentário