sábado, 27 de outubro de 2018

Mais de 5,5 milhões estão aptos a votar no Estado do Pará

TRE orienta eleitores que cheguem cedo nos locais de votação. Das 8h às 17h deste domingo (28), as 106 zonas eleitorais do Estado do Pará estarão abertas para receber os 5.500 milhões de eleitores cadastrados para votar pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Pará. O TRE orienta que, por precaução, a  população vá votar entre 8h e meio-dia, e não esqueça de levar a “cola” eleitoral; um papel com o número de seus candidatos para que o tempo de votação seja rápido e não aconteçam erros na hora de pressionar as teclas da urna. A apresentação de um documento oficial com foto e do título de eleitor, apesar da realização obrigatória da biometria em algumas cidades, continua sendo exigida, por isso deve ser lembrada.
Quem fez a identificação biométrica poderá utilizar também o e-Título, aplicativo da Justiça Eleitoral que substitui o título de eleitor de papel. O e-Título também pode ser “baixado” por quem não passou pela biometria, mas, nesse caso, permanece a exigência da apresentação de documento oficial contendo foto. O aplicativo de celular também pode ser baixado via Google Play e na App Store.


O técnico Judiciário do TRE do Pará, Alessandro Cruz, informou que, para os 90 municípios paraenses onde a biometria não foi obrigatória, o eleitor poderá utilizar qualquer documento de identificação com foto, como RG, carteira nacional de habilitação (CNH), carteira de trabalho ou ainda a carteira de registro profissional. “Em caso de perda, ele poderá utilizar qualquer outro desses. 

Não é possível votar com boletim de ocorrência de perda de documento”, demarcou. A recomendação valeu para o primeiro turno e continua a valer no segundo. Para os municípios onde a biometria foi obrigatória, o título de eleitor serve, principalmente, ainda segundo o técnico, “para auxiliar na localização da zona e seção de votação”. 

De acordo com a assessoria de comunicação do Tribunal, é importante chegar cedo para votar devido ao congestionamento que pode ocorrer nas últimas horas do período eleitoral. Por isso, é também orientado que seja separada a “cola” eleitoral. “Ainda que o número de candidatos seja muito menor agora, precisamos fazer de tudo para que não tenham filas grandes e a votação ocorra normalmente”, afirmou um assessor. O horário estimado para que a população do Estado conheça os políticos eleitos, tanto para o Governo do Pará quanto para a Presidência da República, é às 20h30. À meia-noite, os votos de todas as urnas já deverão estar computados.

No dia da votação, é permitida a manifestação individual e silenciosa de apoio ao partido ou ao candidato de preferência do eleitor. No entanto, é proibido utilizar vestuário padronizado, bandeiras, broches nem adesivos que caracterizem manifestação coletiva. Já na cabine de votação, não é permitido portar aparelho de telefonia celular, máquinas fotográficas, equipamento de radiocomunicação ou quaisquer instrumentos que possam comprometer o sigilo do voto. Aparelhos desse tipo ficarão retidos com o mesário enquanto o eleitor vota.
Aos que não participarem do pleito, existem três formas de justificar a ausência: preenchendo um formulário no dia da eleição, que estará disponível em qualquer local de votação, informando por meio do site do TRE ou via cartório eleitoral, presencialmente, no período de até 60 dias após a votação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário