quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Serviço de Radioterapia do HRBA recebe placa de homenagem da Câmara de Vereadores

 A Câmara de Vereadores de Santarém (PA) realizou sessão especial sobre o “Outubro Rosa”, ação dedicada à prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama, sob iniciativa da vereadora Maria José Maia (DEM). Na ocasião, o setor de Radioterapia do Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), gerido pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, recebeu uma placa em homenagem aos serviços prestados à população do Oeste do Pará. A cerimônia ocorreu na terça-feira à tarde (16/10).

O setor de Oncologia do HRBA começou a funcionar em 2008 e o Parque Radioterápico (conjunto de equipamentos e serviços médico-hospitalares exclusivos para terapia do câncer) entrou em operação, em 4 de junho de 2010. Os números de sessões já passam de 150 mil. Somente em 2017, mais de 32 mil sessões foram realizadas. O serviço de radioterapia complementa um dos principais tratamentos contra o câncer. O Hospital Regional de Santarém é uma Unidade de Alta Complexidade (Unacon) para o tratamento oncológico, que se baseia em três pontos principais: cirurgia, quimioterapia e radioterapia.

A paciente Juliana Freitas, 31 anos, notou que havia algo de diferente em seus seios quando realizou o autoexame de mama, há seis anos. Ela precisou sair de Itaituba para realizar o tratamento ofertado pelo Sistema Único de Saúde (SUS), no Hospital Regional. “Morei oito meses em Santarém. Foram dias difíceis porque eu tive que ficar longe da minha família. Ano passado eu passei por cirurgia e, para a honra e glória do Senhor, estou aqui, sou a prova viva. Tive metástase na coluna, e fiz tudo pelo Regional. Só tenho a agradecer”, conta Juliana.

Ela também reforça a mensagem da ação mundial “Outubro Rosa”. “Mulheres, tenham força. Nunca percam a fé em Deus, independente de qualquer problema que você venha passar. Não tenha medo de ser diagnosticada com câncer, vá em frente, faça o autoexame”, incentiva Juliana.

O câncer de mama é a doença mais comum entre os pacientes do setor de Oncologia do HRBA, que atinge pouco mais de 35% dos 1.776 pacientes em tratamento. E para alertar homens e mulheres sobre o avanço da doença é que surgiu o Outubro Rosa. Anualmente, as instituições de saúde reforçam a importância da adoção de hábitos de vida saudáveis e da preocupação em garantir o diagnóstico precoce. Em 2017, o HRBA realizou 2.500 mamografias.

Há um ano, Alessandra Soares também convive com o câncer de mama. Para ela, o mais importante foi poder contar com o apoio das pessoas para superar as dificuldades. “Minhas palavras são em especial aos maridos, às famílias e aos amigos de um paciente oncológico. Que vocês possam ser o apoio que é imprescindível na vida de cada pessoa que estiver passando por um tratamento desses. Suas palavras e atitudes fazem a diferença. Aproveitem esse momento para dedicar ao amor, ao respeito e à solidariedade”, pede.

De acordo com o Ministério da Saúde, o câncer é a segunda causa de morte no mundo. Segundo estimativa do Instituto Nacional do Câncer (Inca), o Brasil deve registrar cerca de 600 mil novos casos da doença entre 2018 e 2019.

“É impossível não ficar emocionado ao ver que temos tantas pessoas que venceram o câncer, e venceram, também, graças a uma equipe de profissionais que está no Hospital Regional, convivendo no dia-a-dia. É possível fazer saúde com qualidade aqui na Amazônia.

 Mas é possível porque temos 1.400 profissionais no hospital com a mesma percepção, nós temos gente cuidando de gente”, afirma o diretor Hospitalar do HRBA, Hebert Moreschi, que também destacou os reconhecimentos conquistados pela Unidade. Atualmente, o Hospital está entre os 10 melhores hospitais públicos do Brasil, segundo o Ministério da Saúde. Em 2016, também foi reconhecido como o melhor hospital público das regiões Norte e Nordeste.

O diretor também agradeceu às pacientes. “Quando eu ouço o depoimento, quando vejo a alegria estampada no rosto de vocês, pelo sucesso do tratamento, não há alegria maior, não existe recompensa mais importante. Em nome de todos os profissionais do Hospital Regional, muito obrigado, e parabéns por nos mostrarem que o câncer pode ser vencido com competência, mas, principalmente, com amor, dedicação e carinho entre os profissionais, vocês e suas famílias. Vocês são verdadeiras heroínas”, finaliza Moreschi.

HRBA

O Hospital Regional de Santarém se consolidou no tratamento ao câncer e se tornou referência no atendimento aos pacientes. Desde a inauguração do serviço, em 2008, já foram realizadas quase 91 mil consultas médicas, 54 mil sessões de quimioterapia e 155 mil sessões de radioterapia.

O HRBA é um estabelecimento de saúde especializado em casos de média e alta complexidades, reconhecido como um dos dez melhores hospitais públicos do Brasil, sendo referência para uma população de 1,1 milhão de pessoas residentes em 21 municípios do Oeste do Pará. A instituição é certificada pela Organização Nacional de Acreditação com o nível máximo de qualidade, a ONA 3 – Acreditado com Excelência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário