Coluna 1

quinta-feira, 20 de dezembro de 2018

Instituto Alcoa fomenta sustentabilidade e cidadania em Juruti

Crianças mais engajadas e conscientes sobre as questões ambientais, pais e comunidades participativos no ambiente escolar. Esses foram alguns dos resultados alcançados pelo Programa ECOA – Educação Comunitária Ambiental, em Juruti ao longo do ano de 2018. A iniciativa é idealizada pelo Instituto Alcoa e executada em parceria com a empresa Evoluir e a Secretaria Municipal de Educação de Juruti. Os resultados do ECOA 2018 foram apresentados em um momento de celebração no Espaço Bom Pastor, em Juruti, com representantes das cinco escolas do município beneficiárias do programa.
Com uma metodologia focada na aprendizagem baseada em projetos educativos, o ECOA fomenta a participação comunitária na construção de sociedades mais sustentáveis. Em seu quinto ano atuando junto a escolas de Juruti, a proposta é fortalecer reflexões e hábitos sustentáveis, e o exercício da cidadania, integrando alunos, pais, educadores e voluntários.
“Cuidar das Pessoas é um Valor para a Alcoa e iniciativas como o ECOA convergem com o pensamento da empresa, valorizando a comunidade local e promovendo uma experiência transformadora, que fortalece a integração entre os estudantes, as famílias, a escola e a Secretaria de Educação. É gratificante ver o engajamento de todos juntos, inclusive da sociedade no entorno das escolas”, comemora Rogério Ribas, gerente de Assuntos Institucionais e Recursos Humanos da Alcoa Juruti.
O ECOA também fomenta o protagonismo. “A gente percebe mudanças nas crianças que participaram das Missões, tanto no comportamento, quanto no engajamento na escola. Elas passaram a ter um cuidado diferente com a escola, com os materiais e equipamentos, e também conosco, os professores. O projeto incentivou a liderança e muitos estudantes e isso é um fator bastante positivo. O ECOA foi uma ação transformadora para todos e a comunidade só ganhou!”, relata o professor Paulinho Batista, da Escola Municipal Getúlio Vargas, da Comunidade de Castanhal.
“Esses alunos são o futuro do nosso país e participar de um programa como o ECOA desde cedo é algo enriquecedor e que estimula o protagonismo infantil. Os professores são elementos fundamentais e saem dessa iniciativa valorizados e mais fortes”, ressaltou Marina Queiroz, coordenadora da Evoluir.
Cerca de dois mil alunos foram beneficiados este ano com o ECOA em Juruti. Além das formações promovidas junto aos professores, cada escola participante do programa recebeu a Biblioteca ECOA composta por 300 exemplares de livros que serão utilizados por crianças de 8 a 13 anos de idade. (José Ibanês - AMG Comunicação)

Nenhum comentário:

Postar um comentário