Coluna 1

terça-feira, 29 de janeiro de 2019

Agenda do dia: veja o que você precisa saber hoje terça feira (29)

BRUMADINHO
- Número de mortos sobe para 65; animais são executados
O tenente-coronel Flávio Godinho, da Defesa Civil de Minas Gerais, informou na noite de ontem 2ª feira (28), que subiu para 65 o número de mortes decorrentes do rompimento da barragem do Córrego da Mina do Feijão, em Brumadinho (MG). Durante a busca por sobreviventes e corpos em meio à destruição, ao menos um helicóptero tinha a missão de executar, com tiros, animais ilhados, presos na lama ou feridos. (Via Poder360 e Estadão)
Fotos: veja imagens do drama em MG após barragem rompida

 - Polícia prende engenheiros ligados a Vale, diz TV
Cinco engenheiros ligados ao projeto de Brumadinho são alvos de mandados de prisão na manhã desta terça-feira 29, segundo informações da Globo News. De acordo com a emissora, duas pessoas são procuradas em São Paulo e outras três em Minas Gerais. (Via Veja.com)

- Vale doará R$ 100 mil para famílias de vítimas, diz diretor
O diretor-executivo de Finanças e Relações com Investidores da Vale, Luciano Siani, disse que a empresa doará “imediatamente” R$ 100 mil às famílias das vítimas do rompimento da barragem de Brumadinho (MG). As doações incluem os desaparecidos. Segundo ele, isso não tem "nada a ver com a indenização". (Via Poder 360)

- Bombeiros acreditam ter alcançado o refeitório da Vale
O local foi um dos pontos de concentração de buscas. "Retiramos algumas vítimas que parecem ser pessoas que estavam no refeitório", disse o tenente Pedro Aihara, porta-voz dos Bombeiros. Os corpos, porém, foram retirados a 800 metros do lugar onde ficava o refeitório originalmente. (Via Notícias ao Minuto)

- Dona de pousada destruída pela lama tem corpo identificado
O nome da empresária Cleosane Coelho Macarenhas consta entre os óbitos confirmados pelo IML de Minas Gerais. Cleosane era a dona da pousada Nova Estância, atingida pelo rompimento da barragem no distrito de Córrego Feijão. (Via Veja.com)

RECUPERAÇÃO DE BOLSONARO
- Bolsonaro mantém prazos e deve voltar à Presidência na quarta
Apesar de a cirurgia do presidente Jair Bolsonaro ter sido mais longa e delicada do que se imaginava, foram mantidos os prazos de retorno às atividades e de recuperação. (Notícias ao Minuto)

- Bolsonaro está 'estável e consciente' após cirurgia
No primeiro boletim médico divulgado pelo Hospital Albert Einstein após o encerramento da cirurgia para retirada da bolsa de colostomia, a equipe médica informa que o presidente Jair Bolsonaro "encontra-se clinicamente estável, consciente, sem dor". (Via Estadão)

CORRUPÇÃO
- Brasil atinge sua pior nota em ranking de corrupção
O Brasil atingiu no ano passado a sua pontuação mais baixa e a pior colocação no Índice de Percepção da Corrupção (IPC), divulgado anualmente pela Transparência Internacional, desde que a metodologia passou a permitir a comparação anual, em 2012. Com 35 pontos – em uma escala de 0 a 100 –, o País é agora o 105.º colocado entre 180 nações avaliadas. (Via Estadão)

POLÍTICA
- Fora do Brasil, Jean Wyllys continua a ser ameaçado
O deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) recebeu um novo e-mail no qual o autor diz que está armado e pronto para matá-lo. Mesmo depois de desistir do mandato parlamentar devido às ameaças, as intimidações não terminaram. (Via Catraca Livre)

SISU 2019
- Começa hoje o prazo para a lista de espera do Sisu
Os estudantes que não foram aprovados em nenhuma das opções de curso pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) podem, a partir de hoje (29), integrar a lista de espera do programa. O prazo para que isso seja feito vai até o dia 5 de fevereiro. (Via Notícias ao Minuto)

BREXIT
- Deputados britânicos votam hoje para determinar rumo do 'brexit'
Os deputados britânicos podem hoje indicar ao governo o rumo desejado para o processo de saída do Reino Unido da União Europeia (UE), incluindo o possível adiamento do 'brexit'. (Via Notícias ao Minuto)

FUTEBOL
- PSG e CBF divergem sobre tratamento de Neymar
A afirmação é do diário L’Équipe, que relata uma discrepância no pensamento sobre como deve ser o tratamento da nova fratura no quinto metatarso do pé direito do camisa 10. Enquanto os franceses prefeririam uma cirurgia, a comissão brasileira optaria por um tratamento conservador. (Via ESPN)

Nenhum comentário:

Postar um comentário