Coluna 1

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019

Aprovados em concurso da Susipe fecham a Almirante Barroso

Manifestantes cobram, em frente ao Palácio do Governo, admissão imediata  no concurso para agentes prisionais da Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado do Pará (Susipe) realizam um protesto neste momento e fecham pistas em passeata pela avenida Almirante Barroso, no bairro do Marco. O ato acontece em frente ao Palácio do Governo, próximo cruzamento com a Doutor Freitas, no sentido São Brás. Os manifestantes exigem serem admitidos, já que estão aprovados. Os participantes estão segurando faixas e penduraram cabides no gradil do palácio, numa alusão a supostos "cabides de emprego" que emperrariam a chamada dos concursados. Esse já é o segundo protesto neste mês de fevereiro. 
Deco Viana, da Comissão de Excedentes da Susipe e um dos organizadores da manifestação, disse que o ato público é para pressionar o governador em relação ao concurso. "Fizemos o concurso, estamos aptos em todas as fases, mas fomos descartados pelo governo. Na Susipe, nunca teve concurso público. Esse foi o primeiro (realizado em março do ano passado)", afirmou.

E acrescentou: "O governador, como fala tanto em segurança pública, deveria nos aproveitar, porque hoje em dia, na Susipe, só tem contrato. Tem contrato de um ano e a pessoa sai. Com todo respeito aos que trabalham lá, mas como esperar um serviço bom em contratos que duram apenas um ano? Estamos aqui aptos, concursados, para assumir esse cargo".

Nenhum comentário:

Postar um comentário