Coluna 1

sábado, 2 de fevereiro de 2019

Rodrigo Maia é reeleito presidente da Câmara

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ocupará o cargo por mais 2 anos. O demista venceu as eleições ontem 6ª feira (1º.fev.2019) com 334 votos –para vencer, eram necessários pelo menos 257 (a metade mais 1 do total).
A disputa contou com 7 deputados. Além de Maia, concorreram:
- Fábio Ramalho (MDB-MG)
- General Peternelli (PSL-SP)
- JHC (PSB-AL) Marcel van Hattem (Novo)
- Marcelo Freixo (Psol-RJ)
- Ricardo Barros (PP-PR). 
No discurso que fez antes da votação, Maia relembrou os acordos firmados com governo e oposição durante sua gestão à frente da Câmara. Disse ter cumprido todos os acordos firmados com os deputados antes de sua última eleição.

Também fez aceno às reformas, principal bandeira do governo Jair Bolsonaro (PSL). “Não sei qual é o melhor projeto para educação do Brasil, se é como pensa a esquerda ou como pensa a direita”, disse. “O que eu sei é que, se não reformarmos o Estado brasileiro, nem a esquerda, nem a direita, nem os prefeitos, nem os governadores conseguirão mudar a educação desse país.”

A sessão de eleição foi conduzida pelo deputado Gonzaga Patriota (PSB-PE), o mais velho desta legislatura.

Maia preside a Câmara desde 2016
O demista comanda a Casa desde julho de 2016. Venceu a eleição para 1 mandato-tampão depois de o então presidente da Câmara, Eduardo Cunha (MDB-RJ), renunciar ao posto. O emedebista havia sido afastado pelo STF (Supremo Tribunal Federal), por investigação no Conselho de Ética.

Em fevereiro de 2017, os deputados reelegeram o congressista fluminense. Maia superou questionamentos quanto a 1 presidente da Câmara poder ser reeleito em uma mesma legislatura e foi reconduzido ao cargo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário