Coluna 1

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019

Vereador 'Gordo do Aurá' é assassinado a tiros no bairro da Pedreira

Ele teria sido alvo de um ataque no bairro da Pedreira e morreu no PSM da 14 de Março. O vereador Deivite Wener Araújo Galvão, mais conhecido como "Gordo do Aurá" — foi eleito pelo DEM de Ananindeua duas vezes, mas foi expulso do partido, em setembro do ano passado —, foi assassinado na tarde desta quinta-feira (21). Morreu no Hospital de Pronto Socorro Municipal Mario Pinotti (PSM da 14 de Março). Ele já chegou baleado. Foi atendido por médicos do hospital, mas não resistiu. As informações iniciais das polícias Civil e Militar são de que ele foi atacado por um grupo de homens, no bairro da Pedreira, por volta de 15h. O ataque teria ocorrido na avenida Pedro Miranda, entre as travessas do Chaco e Curuzu. Deivite e a esposa voltavam do PSM, onde tinham deixado a filha para uma consulta.
Foram cerca de 20 tiros contra o carro em que ele estava. Seria um veículo de aplicativos de transporte. A esposa do vereador, Vanessa Galvão, foi ferida no joelho e está sendo atendida no PSM. Não há risco de morte. A segurança no hospital e nas áreas do entorno foi reforçada.

Não há pistas, por enquanto, do veículo usado pelos atiradores. Nem modelo, nem cor e nem placa. As investigações já iniciaram com o Grupo de Pronto Emprego (GPE) e da Divisão de Homicídios, ambos da Polícia Civil. (ORM)

Nenhum comentário:

Postar um comentário