Coluna 1

terça-feira, 12 de março de 2019

Agenda do dia: veja o que você precisa saber hoje terça feira (12)

RIO DE JANEIRO
A Polícia Civil do Rio de Janeiro realiza na manhã desta terça-feira (12) uma operação para prender suspeitos pelo assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes – crime que completa um ano no próximo dia 14. Duas pessoas foram detidas: o policial militar reformado Ronnie Lessa, que teria efetuado os disparos, e o ex-policial Élcio Vieira de Queiroz, que estaria dirigindo o carro do atirador. (Via VEJA.com)

SÃO PAULO
- Temporal causa mortes e alagamentos em SP
 GOVERNO
- Após críticas, 6 são demitidos do MEC
O governo federal demitiu chefe de gabinete, secretário adjunto, assessor especial e três diretores do Ministério da Educação. As demissões foram publicadas em edição extra do Diário Oficial da União de segunda-feira. Entre os nomes, está o coronel Ricardo Wagner Roquetti, diretor de Programa da Secretaria-Executiva do MEC. Sua demissão foi determinada pelo presidente Jair Bolsonaro após críticas do escritor Olavo de Carvalho ao governo. (Via Poder360)

- Site que originou ataques a repórter desmente informações
O próprio site francês Mediapart, onde foram publicadas declarações distorcidas da repórter do 'Estadão' Constança Rezende, desmentiu na tarde de ontem, em português, as acusações repercutidas pelo site ‘Terça Livre’ e pelo presidente Jair Bolsonaro no domingo. No Twitter, o portal francês disse se solidarizar com Constança. (Via Estadão)

POLÍTICA
- Assessora de Flávio repassou 59% do fundo eleitoral ao marido

- Marcia Tiburi diz que deixou Brasil por ameaças
Candidata ao governo do Rio de Janeiro, Marcia Tiburi (PT) não está mais no Brasil desde dezembro do ano passado. A escritora, ativista e filósofa alega que o país não era mais seguro para ela continuar fazendo o seu trabalho e optou pela saída. Ela, assim como ex-deputado Jean Wyllys (PSOL), afirma que recebeu ameaças de morte. (Via Istoé)

BRASIL
- Gol suspende operações com Boeing após tragédia na Etiópia
A companhia aérea Gol informou nesta segunda-feira a suspensão temporária das operações comerciais com aeronaves 737 Max 8, um dia após a queda de um avião do mesmo tipo na Etiópia, que matou 157 pessoas. Em comunicado, a empresa avisou que os clientes com viagens previstas em aviões 737 Max 8 serão comunicados e reacomodados em voos da própria empresa ou de outras companhias. (Via Reuters)

- Brumadinho tem 200 mortes confirmadas
O número de mortes confirmadas por causa do rompimento da barragem de rejeitos de mineração da Vale em Brumadinho (MG) no dia 25 de janeiro chegou a 200, informou a Defesa Civil de Minas Gerais na segunda-feira. Ainda existem 108 pessoas desaparecidas. (Via Reuters)

MUNDO DO ESPORTE
- Morre Coutinho, ídolo do Santos e campeão mundial 
Morreu na noite de segunda-feira (11), aos 75 anos, o ex-atacante Coutinho, cujo nome de batismo era Antônio Wilson Vieira Honório. Campeão mundial pela seleção brasileira em 1962 e bicampeão da Libertadores e do Mundial de Clubes pelo Santos, ele tinha o apelido de ‘gênio da pequena área’. Pelé, seu principal parceiro na carreira, dizia que Coutinho, dentro da área, era melhor do que ele. O velório do craque acontece na Vila Belmiro e o sepultamento será no final da tarde, também em Santos (SP). (Via Placar)

JOGOS DE HOJE
Libertadores
19h15 – Palmeiras x Melgar
21h30 – Nacional (URU) x Atlético-MG
21h30 – Grêmio x Libertad

 - McGregor é preso nos Estados Unidos
Conor McGregor virou notícia nas páginas policiais mais uma vez. Na tarde de segunda-feira (11), o ex-campeão do UFC foi preso após uma confusão com um fã em Miami (EUA), que teria acontecido na madrugada de domingo. O atleta estaria na frente de um hotel quando, incomodado pela tentativa de um fã de tirar uma foto sua, deu um tapa no telefone celular da vítima, que foi ao chão. Na sequência, McGregor teria pisado no aparelho diversas vezes e depois o levado embora. (Via AgFight)

VEJA TAMBÉM:

Nenhum comentário:

Postar um comentário