Coluna 1

terça-feira, 26 de março de 2019

Agenda do dia: veja o que você precisa saber hoje terça feira (26)

JUSTIÇA
- Temer deixa prisão após habeas corpus
O ex-presidente Michel Temer deixou no início da noite de segunda-feira (25) a Superintendência da Polícia Federal no Rio de Janeiro após conseguir um habeas corpus no Tribunal Regional Federal da 2ª Região. O emedebista passou quatro noites em uma sala da PF depois de ser preso na última quinta-feira pela operação Descontaminação, um desdobramento da Lava Jato. Além de Temer, a decisão beneficia todos os presos na ação, incluindo o ex-ministro Moreira Franco e o ex-assessor de Temer, João Baptista Lima Filho, o Coronel Lima e outras cinco pessoas. (Via VEJA.com)

- Defesa de Lula tenta anular condenação 
A defesa do ex-presidente Lula solicitou, ontem ao Superior Tribunal de Justiça que anule a condenação do petista no caso do tríplex do Guarujá. Os advogados também querem que a ação seja enviada à Justiça Eleitoral. O pedido foi baseado em uma decisão do STF do dia 14 de março. A Corte decidiu que os processos de crimes comuns, como corrupção e lavagem de dinheiro, ligados a crimes eleitorais, como caixa 2, devem ser enviados para a Justiça Eleitoral. (Via Poder360)

GOVERNO
- Guedes vai à CCJ para debater Previdência
O ministro da Economia, Paulo Guedes, participará nesta terça-feira de um debate na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados sobre a proposta da reforma da Previdência. Será a primeira audiência pública a respeito da PEC, que tramita na comissão desde a última semana. A recepção à exposição do ministro será fundamental para avaliar a aceitação do texto no Congresso. Na CCJ, os deputados avaliam se a proposta está de acordo com a Constituição. (Via Poder360)

- Bolsonaro pede foco na reforma e ‘pacificação’
O presidente Bolsonaro se reuniu ontem com ministros e autoridades com o intuito de afinar o discurso e garantir apoio para a reforma da Previdência no Congresso. Pela manhã, definiu que é preciso manter foco total na reforma e pediu que os ministros o ajudem a ‘pacificar’ a relação com a Câmara, após desavenças com o presidente da Casa, Rodrigo Maia. (Via Estadão)

BRASIL
- Candidata do PSL diz que ministro pediu desvio
Zuleide Oliveira, de 42 anos, prestou depoimento à Polícia Federal e disse que Marcelo Álvaro Antônio (PSL), atualmente ministro do Turismo, pediu que ela devolvesse ao partido parte do dinheiro público do fundo eleitoral. Ela é uma das envolvidas no escândalo de candidaturas de laranjas patrocinadas pelo PSL nas eleições do ano passado. (Via Istoé)

MUNDO
- Venezuela diz que novo blecaute foi por ‘ataque’
O ministro da Comunicação da Venezuela, Jorge Rodríguez, disse na segunda-feira que houve um 'novo ataque' na hidrelétrica de Guri, a principal do país, o que provocou um apagão em algumas áreas do país. A Venezuela sofreu o pior apagão em décadas em 7 de março e, por quase cinco dias, o país ficou às escuras. (Via Reuters)

- Battisti admite pela 1ª vez autoria de 4 homicídios
O ex-ativista de esquerda Cesare Battisti, que ficou 40 anos foragido, admitiu ontem na Itália que é responsável por quatro assassinatos cometidos nos anos 1970, além de ter ferido gravemente 3 pessoas e ter praticado uma quantidade de roubos para autofinanciar-se. Battisti foi preso na Bolívia e desembarcou em Roma em 14 de janeiro. (Via Estadão)

- Seleção faz amistoso contra a República Tcheca
A seleção brasileira volta a campo nesta terça-feira, às 16h45 (horário de Brasília), diante da República Tcheca para fazer seu último amistoso antes da convocação para a Copa América. E depois do mau resultado contra o Panamá, Tite tem claro o que precisa mudar na equipe. Philippe Coutinho, que vive má fase no Barcelona, terá nova oportunidade em campo para recuperar o bom futebol. Já Allan entrará no lugar de Arthur, dando características mais verticais ao meio-campo. (Via ESPN)

VEJA TAMBÉM:

Nenhum comentário:

Postar um comentário