Coluna 1

segunda-feira, 1 de abril de 2019

Agenda do dia: veja o que você precisa saber hoje

GOVERNO
- Bolsonaro anuncia escritório brasileiro em Jerusalém
Após encontro com o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, o presidente Jair Bolsonaro anunciou no domingo (31) que o Brasil abrirá ‘um escritório em Jerusalém para a promoção do comércio, investimento, tecnologia e inovação’. A medida, que já havia sido ventilada sem detalhes pelo presidente brasileiro na semana passada, representa um recuo em relação à promessa de campanha de transferir a embaixada do país de Tel Aviv para Jerusalém, a exemplo do que fizeram Estados Unidos e Guatemala. Nesta segunda-feira (1º), segundo dia de visita oficial a Israel, Bolsonaro homenageia os militares israelenses que ajudaram no resgate de vítimas em Brumadinho (MG). À tarde, o presidente visita a basílica do Santo Sepulcro e o Muro das Lamentações.(Via BBC News Brasil e VEJA.com)

EDUCAÇÃO
- Enem: pedido de isenção da inscrição começa hoje 
Estudantes que querem fazer o Exame Nacional do Ensino Médio podem solicitar, a partir das 10h desta segunda-feira (1º) a isenção da taxa de inscrição. Para não pagar a taxa, os candidatos devem atender os critérios de isenção. O pedido é feito pela internet. A taxa do exame este ano é R$ 85. O pedido de isenção poderá ser feito até as 23h59 do dia 10 de abril. No dia 17 de abril, o Inep vai divulgar a lista daqueles cujo pedido foi aprovado. O Enem será aplicado nos dias 3 e 10 de novembro. (Via Agência Brasil)
 MEMÓRIA
- Planalto divulga vídeo em defesa do golpe de 1964
O Palácio do Planalto distribuiu neste domingo um vídeo em defesa do golpe de 1964. A narrativa do material usa a mesma definição adotada pelo presidente Jair Bolsonaro e alguns de seus ministros militares para classificar o fato histórico. Para eles, a derrubada de João Goulart do poder, que marcou o início do período de 21 anos de ditadura militar no Brasil, foi apenas um movimento para conter o avanço do comunismo no País. (Via Estadão)

- País tem atos contra e em defesa da ditadura
Manifestantes foram às ruas neste domingo em pelo menos nove capitais, além do Distrito Federal, para participar de atos contra ou em defesa do regime militar. Em São Paulo, os manifestantes fizeram um ato e uma caminhada no Parque do Ibirapuera, na zona sul da cidade. Também houve manifestações na avenida Paulista, que terminaram em tumulto entre grupos rivais. Veja fotos dos protestos contra a ditadura pelo país. (Via Estadão)

MUNDO
- Japão anuncia o nome da nova era imperial
O nome da era imperial que acompanhará o reinado do imperador Naruhito é ‘Reiwa’, cujos dois ideogramas podem significar ‘agradável’ ou ‘ordem’ e ‘harmonia’ ou ‘paz’, anunciou nesta segunda-feira o governo do Japão. ‘Significa o nascimento de uma civilização na qual reina uma harmonia entre os seres’, explicou em uma entrevista coletiva o primeiro-ministro Shinzo Abe. O nome Reiwa marcará o reinado de Naruhito, que começará em 1º de maio, quando seu pai, o imperador Akihito, abdicará do trono, o que dará fim à era Heisei (‘a paz prevalece em todas as partes’), que começou em janeiro de 1989. (Via AFP)

FUTEBOL
- Fla vence Vasco nos pênaltis e é campeão
Em um domingo no qual teve o ‘desfalque’ de Abel Braga (recuperando-se de uma cirurgia de ablação), o Flamengo, mesmo com uma equipe repleta de reservas, sagrou-se campeão da Taça Rio em uma final heroica contra o Vasco, no Maracanã. Após arrancar nos acréscimos o empate em 1 a 1 (Tiago Reis marcou para o cruz-maltino), o Rubro-Negro venceu por 3 a 1 nos pênaltis e chega com a moral elevada para a semifinal do Carioca. (Via Lance)

- Corinthians vence Santos e fica em vantagem
Em um clássico com três falhas do setor defensivo, venceu quem errou menos. O Corinthians aproveitou melhor as oportunidades e derrotou o Santos por 2 a 1 no domingo, em Itaquera, no jogo de ida das semifinais do Campeonato Paulista. O zagueiro Manoel apareceu entre os zagueiros adversários e abriu o placar para o time da casa. Mas Cássio falhou e permitiu o Santos empatar com Derliz González com sete minutos de partida. Ainda na etapa inicial, Luiz Felipe afastou mal e a bola sobrou para Clayson garantir a vitória. (Via Estadão)

VEJA TAMBÉM:

Nenhum comentário:

Postar um comentário