Coluna 1

quarta-feira, 3 de abril de 2019

Cabeleireira morta em Santarém foi espancada e teve traumatismo craniano

Causa da morte foi apontado em atestado de óbito. A cabeleireira que foi encontrada morta dentro de sua própria casa no início da manhã de ontem (2), no município de Santarém, no oeste do Estado, foi vítima de espancamento e teve traumatismo craniano. A causa da morte foi apontado na Declaração de Óbito emitida pelo Instituto Médico Legal (IML) nesta quarta-feira. Márcia Cristina de Matos Monteiro, de 40 anos, foi encontrada por seu irmão. Ela estava caído no chão do quarto da casa em que morava com a filha, uma adolescente de 16 anos.
A vítima apresentava várias lesões na cabeça, feita por objeto perfuro-cortante. Ela tinha também um lençol amarrado em volta do pescoço, indicando que também foi estrangulada. 
Foram solicitadas coletas de imagens do circuito de segurança dos estabelecimentos situados no entorno do local do crime para auxiliar nas investigações. Pelo menos quatro pessoas já foram ouvidas na Divisão de Homicídios do município. 
A polícia entretanto ainda não tem pistas sobre a autoria do crime.

Nenhum comentário:

Postar um comentário