Coluna 1

segunda-feira, 8 de abril de 2019

Moro é o ministro mais bem avaliado do governo Bolsonaro, diz Datafolha

Titular da pasta da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro é o mais bem avaliado e mais conhecido ministro do governo Bolsonaro, aponta pesquisa Datafolha, divulgada ontem domingo 7. O ex-juiz federal é considerado ótimo ou bom por 59% dos entrevistados e conhecido por 93% dos que responderam ao levantamento. Outros 17% consideram sua atuação regular e 15% a classificam como ruim ou péssima; 2% não souberam opinar.
Segundo mais bem avaliado, mas em um patamar distante de Moro, Paulo Guedes, à frente da Economia, é considerado ótimo ou bom por 30% e conhecido por 74% dos brasileiros. Outros 12% classificam a atuação do ministro ruim ou péssima e 4%, não opinaram.
Damares Alves, a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, é considerada ótima ou boa por 25% e conhecida por 57% dos entrevistados.
O ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, que foi demitido nesta segunda-feira, 8, era aprovado por apenas 13% da população. Alvo de críticas desde sua posse, Vélez acumulou recuos e exonerou 17 pessoas em pouco mais de três meses de governo. O ministro era conhecido por 38% da população. Ernesto Araújo, ministro das Relações Exteriores, também é aprovado por 13% da população. De acordo com o Datafolha, 35% sabem quem Araújo é.

O pior índice de aprovação é de Marcelo Álvaro Antônio, ministro do Turismo. Envolvido em investigações que apuram a existência de candidaturas laranjas do PSL em Minas Gerais, nas eleições de outubro do ano passado, Álvaro Antônio é considerado bom ou ótimo por 11% da população e conhecido por 30% dos entrevistados.
A pesquisa, que tem margem de erro de dois pontos percentuais, para mais ou para menos, ouviu 2.086 pessoas em 130 cidades do país nos dias 2 e 3 de abril.(VEJA)

Nenhum comentário:

Postar um comentário