Coluna 1

quinta-feira, 16 de maio de 2019

Agenda do dia: veja o que você precisa saber hoje quinta feira (16)

GOVERNO
Protestos contra cortes na educação elevam desgaste do governo
Desgastado por uma série de derrotas e obrigado a fazer concessões no Congresso Nacional, o governo do presidente Jair Bolsonaro foi alvo na quarta-feira (15) dos primeiros grandes protestos de rua. Manifestações registradas em todas as regiões do País contra bloqueio de recursos no orçamento da educação ganharam um contorno mais amplo de críticas à atual gestão. Em viagem oficial nos Estados Unidos, Bolsonaro procurou desqualificar a mobilização classificando a ‘maioria’ dos manifestantes como ‘idiotas úteis’ e ‘imbecis, que estão sendo usados como massa de manobra’. (Via Estadão)

- Ministro culpa Dilma e Temer por cortes na educação
No plenário da Câmara dos Deputados, o ministro Abraham Weintraub culpou o governo passado pelo ‘desastre’ na educação. Afirmou ainda que o corte no orçamento das universidades não é de 30%, como foi anunciado, mas de 3,5%. Segundo ele, a ‘desonestidade intelectual da mídia’ assustou a população. Weintraub disse que está apenas seguindo a lei para não cair no crime de responsabilidade fiscal e o plano de governo. O ministro assegurou que está aberto para dialogar com as instituições com dificuldades. (Via HuffPost Brasil)
Prefeito de Dallas recusa-se a receber Bolsonaro
O prefeito de Dallas voltou atrás de sua declaração inicial sobre a visita do presidente Jair Bolsonaro à cidade do Texas, nos Estados Unidos. O democrata Mike Rawlings, diante de um abaixo assinado de 7 dos 14 vereadores da cidade, avisou que, além de não dar as boas vindas ao presidente brasileiro, não participaria de nenhum evento com o líder brasileiro. Bolsonaro receberá o prêmio ‘Personalidade do Ano’ nesta quinta-feira. A premiação é conferida pela Câmara de Comércio Americana-Brasileira. (Via VEJA.com)

POLÍTICA
- Flávio Bolsonaro comprou 19 imóveis por R$ 9 milhões, diz MP
Ao pedir à Justiça a quebra do sigilo bancário e fiscal de 95 pessoas e empresas relacionadas ao senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), o Ministério Público do Rio de Janeiro apontou indícios de que o parlamentar tenha utilizado a compra e venda de imóveis para lavar dinheiro. Segundo os promotores, entre 2010 e 2017, o então deputado estadual lucrou R$ 3,089 milhões em transações imobiliárias em que há ‘suspeitas de subfaturamento nas compras e superfaturamento nas vendas’. No período, ele investiu R$ 9,425 milhões na compra de 19 imóveis, entre salas e apartamentos. (Via VEJA.com)

- Senado endurece política antidrogas e lei vai a sanção
O Senado aprovou na quarta-feira projeto de lei que modifica e endurece diversos artigos da Lei Antidrogas e de outras legislaturas sobre o tema. O Projeto de Lei fortalece as comunidades terapêuticas, espaços de tratamento em geral ligados a igrejas, e facilitam as internações involuntárias. O PL, que já passou pela Câmara, aguarda agora apenas a sanção do presidente Jair Bolsonaro. (Via El País)

JUSTIÇA
- Defesa pede absolvição de Lula por sítio e critica Moro
A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva apresentou na terça-feira as contrarrazões de apelação no processo da operação Lava Jato referente ao sítio de Atibaia (SP), no qual o petista foi condenado a 12 anos e 11 meses de prisão em fevereiro. Na peça, os advogados afirmam que Lula é inocente e não reconhecem a condução pelo processo pelo ex-juiz federal Sergio Moro, hoje ministro da Justiça, nem a sentença da juíza substituta Gabriela Hardt. (Via VEJA.com)

MUNDO
- EUA suspendem todos os voos com a Venezuela
O governo dos EUA ordenou a ‘suspensão imediata’ de todos os voos entre os EUA e a Venezuela por ‘ameaças à segurança’ decorrentes da crise no país latino-americano. A proibição ocorre depois que várias companhias aéreas deixaram de voar para a Venezuela. O país está no nível mais alto de alerta na escala de recomendações de viagem do Departamento de Estado dos EUA, que catalogou a Venezuela entre os destinos para onde ‘não viajar’. (Via El País)

FUTEBOL 
JOGO DE HOJE
Copa do Brasil
19h15 – Fortaleza x Atlhetico-PR

LOTERIA
- Mega-Sena acumula e vai a R$ 7 milhões
Aconteceu na quarta-feira (15) o concurso 2151 da Mega-Sena. Ninguém acertou as seis dezenas e o prêmio de R$ 3 milhões acumulou. O próximo sorteio acontece no sábado (18) e deve pagar R$ 7 milhões. Confira os números de ontem. (Via SorteOnline)

VEJA TAMBÉM:

Nenhum comentário:

Postar um comentário