Coluna 1

sexta-feira, 17 de maio de 2019

Hospital Regional de Santarém destaca a atuação do assistente social para a garantia de direitos

Nesta semana, o Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), em Santarém, realizou palestras para aprofundar conhecimentos e destacar a importância do Serviço Social no ambiente hospitalar, em virtude da comemoração do Dia do Assistente Social, em 15 de maio. Esse profissional considera, em seu exercício, aspectos emocionais e sociais do paciente como fatores determinantes para a evolução do tratamento. A diretora de Enfermagem do HRBA Francilene Caldeira, afirma que a atuação do assistente social dentro do Hospital Regional é fundamental para o sucesso dos tratamentos, principalmente pela região de atuação da unidade de saúde. 
“O profissional do Serviço Social é tão importante quanto a Enfermagem dentro do hospital. Aqui no Pará, para ter um serviço de saúde eficiente, é imprescindível ter uma boa estruturação de assistência social”, destaca.

Segundo a diretora, o simpósio é muito relevante para os profissionais que atuam na região. “É nesse evento que discutimos a atuação do Assistente Social. Também esse é o momento em que os outros profissionais, que não são assistentes sociais, conhecem todo o processo e a importância da atuação desse profissional”, afirma Francilene.

A assistente social Francinete Weil comentou sobre a atuação profissional. “O papel do assistente social dentro de uma instituição hospitalar é fundamental para o acompanhamento do paciente e dos acompanhantes. Esse profissional toma consciência e acompanha o contexto social do paciente, auxiliando-o sobre seus direitos e acompanhando a família”, explica Francinete.

Maria Silvana é estudante de Serviço Social e aproveitou o evento para aprimorar sua formação acadêmica. “Nós pudemos entender algumas realidades diferentes. Quando estamos estudando, aprendemos a parte teórica, mas isso, em alguns casos, sofrem deformações na prática, inclusive em relação a equidade do atendimento aos diferentes pacientes. 

Quando uma instituição como essa se propõe a oferecer esse tipo de evento, eu fico muito grata, porque é um aprendizado a mais do que nós veremos no mercado de trabalho”, diz Maria. ()Joab Ferreira/Pró-Saúde)

Nenhum comentário:

Postar um comentário