Coluna 1

sexta-feira, 5 de julho de 2019

Agenda do dia: veja o que você precisa saber hoje sexta feira (05)

POLÍTICA
Previdência é aprovada em comissão, e vai ao plenário
A Comissão Especial da reforma da Previdência encerrou ontem a votação da proposta, depois de 16 horas de debates, devolvendo ao setor rural um benefício tributário que retira R$ 83,9 bilhões da economia esperada de R$ 1,071 trilhão. O benefício foi o último destaque que precisava ser avaliado pela comissão. O relatório da reforma da Previdência foi aprovado no começo da tarde de quinta, por 36 votos a 13 na comissão especial. Agora, a proposta segue para o plenário da Câmara, onde terá de passar por dois turnos de votação e necessitará do apoio de ao menos 308 dos 513 deputados. Depois, se aprovada, vai para o Senado. (Via Estadão)

- Na internet, Bolsonaro defende trabalho infantil
Em sua transmissão semanal ao vivo em uma rede social o presidente Jair Bolsonaro disse que o trabalho não prejudica as crianças. Ao lembrar que, quando criança, trabalhou na colheita de milho em uma fazenda em Eldorado Paulista (SP), Bolsonaro afirmou que o trabalho não prejudica as crianças. Mas procurou evitar mal-entendidos e disse que não apresentaria um projeto para descriminalizar o trabalho infantil, pois se fizesse isso, seria ‘massacrado’. (Via Exame)

- Presidente escolhe Carlos Velloso Filho para vaga no TSE
O presidente Jair Bolsonaro decidiu escolher o advogado Carlos Velloso Filho para a vaga de ministro-substituto do Tribunal Superior Eleitoral. A nomeação deve ser publicada na edição desta sexta-feira do ‘Diário Oficial da União’. Velloso Filho era considerado o favorito para a vaga. Ele é filho do ex-presidente do STF Carlos Velloso. A nomeação ocorre em meio à controvérsia com a lista tríplice do TSE, encabeçada pela advogada Daniela Teixeira, que já defendeu publicamente a condenação de Jair Bolsonaro no caso em que ele é réu por incitação ao crime de estupro. (Via Estadão)

- Lula sabia de propina para sediar Rio-2016, diz Cabral
O ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral afirmou na quinta-feira à Justiça Federal que comprou por US$ 2 milhões os votos de nove integrantes do Comitê Olímpico Internacional para garantir que o Rio de Janeiro fosse escolhido sede da Olimpíada de 2016. Segundo Cabral, o então prefeito do Rio, Eduardo Paes, e o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva souberam da negociação, mas não participaram nem obtiveram vantagens com ela. (Via Estadão)

JUSTIÇA
- Moro alertou Dallagnol para incluir prova em denúncia
O ex-juiz Sérgio Moro avisou o chefe da força-tarefa da Operação Lava-Jato em Curitiba, Deltan Dallagnol, que o Ministério Público Federal tinha esquecido de incluir uma prova que reforçaria a acusação contra pessoas citadas na denúncia que ele estava prestes a aceitar. O diálogo inédito faz parte do material analisado por ‘VEJA’ em parceria com o site ‘The Intercept Brasil’. (Via VEJA.com)

BRASIL
- Ex-aluno morre esfaqueado por segurança na PUC-SP
Um ex-aluno foi morto no interior do câmpus da Pontifícia Universidade Católica (PUC-SP) na Consolação, região central de São Paulo, na tarde de quinta-feira. O suspeito é um segurança do local que se envolveu numa briga com o estudante. Em nota, a reitoria da PUC-SP disse lamentar profundamente o ocorrido e que está colaborando com as autoridades para o esclarecimento das circunstâncias referentes ao caso. (Via Estadão)

CLIMA
- Frente fria derruba temperaturas no Sul e Sudeste
Uma frente fria vai atingir o País, com maior influência no Sul e no Sudeste. As regiões devem sentir um frio mais intenso até o dia 8 de julho. De acordo com a previsão, essa será a frente fria mais forte do inverno de 2019. Haverá condições para a formação de neve nas regiões mais altas do Sul durante o fim de semana. De acordo com o Climatempo, os dias com maiores chances de nevar são sexta-feira (5) e a madrugada do sábado (6). (Via HuffPost Brasil)

TECNOLOGIA
- Facebook explica causa de falha em suas redes
O Facebook revelou o que aconteceu na tarde de quarta-feira (3), quando seu app da rede social, o Instagram e o WhatsApp enfrentaram problemas. Após quase um dia inteiro de instabilidade, a empresa informou que tudo foi causado por um teste de rotina que deu errado. O problema afetou principalmente o Instagram, plataforma totalmente voltada para troca de fotos e vídeos. Pelo Messenger e WhatsApp, ainda havia a possibilidade de enviar mensagens de texto normalmente. (Via Canaltech)

FUTEBOL
- CBF garante Tite no comando da seleção
A CBF divulgou na noite de quinta-feira uma nota oficial para garantir a permanência da comissão técnica comandada por Tite após o final da Copa América. O comunicado é uma resposta ao jornalista Juca Kfouri, que na manhã de ontem informou que o técnico, insatisfeito com o desmanche de sua comissão, cogita entregar o cargo depois da final de domingo (7) diante do Peru. (Via Placar)

Nenhum comentário:

Postar um comentário