Coluna 1

quinta-feira, 22 de agosto de 2019

Agenda do dia: veja o que você precisa saber hoje Quinta feira (22)

ECONOMIA
Plano de privatizações terá Correios e mais 8 estatais
O governo federal anunciou que abriu estudos para privatizar nove empresas estatais, entre elas a Correios e Telebrás. O anúncio foi feito na quarta-feira pelo ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni. Uma lista que circulava ontem tinha 17 empresas, mas muitas das citadas não entraram na lista. Além da privatização das estatais, o governo ampliou o escopo de projetos que podem ser concedidos para a iniciativa privada. incluindo presídios, creches e parques nacionais como Jericoacoara, Iguaçu e Lençóis Maranhenses. (Via VEJA.com)

POLÍTICA
- Sem trabalho aos domingos, Senado aprova MP
O Senado aprovou na noite de quarta-feira (21) o texto da Medida Provisória da Liberdade Econômica, mas derrubou a autorização para o trabalho aos domingos e feriados. Essa permissão, que havia sido aprovada na Câmara dos Deputados, era defendida pelo governo, mas causou polêmica nas discussões do Senado. Como a MP perde a validade na próxima terça-feira (27), o governo preferiu recuar e concordar com a retirada da autorização para garantir a votação da medida a tempo. (Via Exame.com)
- Câmara aprova posse de arma no campo
A Câmara dos Deputados aprovou a flexibilização da posse estendida de armas de fogo em propriedades rurais. A medida, que vai a sanção do presidente Jair Bolsonaro, permite ao proprietário ou gerente de uma fazenda andar armado em toda a área da propriedade e não apenas na sede. O projeto foi aprovado por 320 votos a 61. A lei atual diz que o proprietário deve manter a sua arma ‘exclusivamente no interior da sua residência ou domicílio’. Pela proposta, a permissão fica ampliada para a ‘extensão do respectivo imóvel rural’. (Via VEJA.com)

- Secretário deixa o cargo após censura a filmes LGBT
O secretário de Cultura do governo de Jair Bolsonaro, Henrique Pires, anunciou nesta quarta-feira (21) que deixará o cargo do órgão, vinculado ao Ministério da Cidadania, chefiado por Osmar Terra. A decisão vem no mesmo dia em que o ministro suspendeu um edital para selecionar séries com temática LGBT para emissoras públicas de televisão. A suspensão foi anunciada poucos dias depois de o presidente Jair Bolsonaro ter criticado projetos da temática que estavam pré-selecionados pelo programa. (Via Exame.com)

- PSDB arquiva pedidos de expulsão de Aécio
A Executiva Nacional do PSDB decidiu nesta quarta-feira (21), por ampla maioria, arquivar os pedidos de expulsão do deputado federal Aécio Neves (MG) do partido. Foram analisados dois pedidos: um do diretório estadual e outro do diretório municipal do PSDB de São Paulo. A cruzada contra Aécio é fruto do ‘novo PSDB’, marca encampada pelo governador de São Paulo, João Doria, após sua ascensão como principal líder do partido. Aécio é réu por corrupção passiva e obstrução de Justiça no STF. Ele é acusado de receber R$ 2 milhões em propina da JBS. O tucano nega as acusações. (Via Poder360)

AMAZÔNIA
- Fogo é irresponsabilidade de Bolsonaro, dizem ONGs
O Observatório do Clima, grupo que reúne cerca de 50 organizações não governamentais do País, reagiu às insinuações feitas ontem pelo presidente Jair Bolsonaro – de que ONGs estariam envolvidas em relação às queimadas da Amazônia – e afirmou que o recorde de focos de incêndio observados neste ano é apenas ‘o sintoma mais visível da antipolítica ambiental do governo de Jair Bolsonaro’. (Via Estadão e Reuters)

JUSTIÇA
- Lava Jato determina que Mantega use tornozeleira
O juiz Luiz Antonio Bonat, da 13ª Vara Federal de Curitiba, determinou que o ex-ministro da Fazenda Guido Mantega use tornozeleira eletrônica. A determinação ocorreu na mesma decisão que autorizou o cumprimento de mandados de prisão e de busca e apreensão na 63ª fase da operação Lava Jato. A operação investiga quem foram os beneficiados com propina de R$ 118 milhões repassados pela Braskem, por meio do Setor de Operações Estruturadas da Odebrecht, entre 2005 e 2013. Mantega deve comparecer em até três dias à Justiça para colocar o equipamento. (Via Correio Braziliense)

BRASIL
- Moro envia Força Nacional a 5 estados 
O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, autorizou, nesta quinta-feira (22), o emprego da Força Nacional de Segurança Pública em cinco estados (Goiás, Espírito Santo, Pará, Pernambuco e Paraná) por 120 dias para o início da execução do plano ‘Em Frente Brasil’, projeto piloto de enfrentamento à criminalidade violenta. A ação contempla as respectivas capitais e regiões metropolitanas dos estados selecionados. Via VEJA.com)

- RS: jovem ataca alunos com machadinha em escola
Um adolescente de 17 anos atacou com golpes de machadinha seis alunos e uma professora da Instituto Estadual Educacional Assis Chateubriand, em Charqueadas, a 60 quilômetros de Porto Alegre (RS), na tarde de quarta-feira. Os estudantes feridos são do sétimo ano: quatro meninas, entre 12 e 15 anos, e dois meninos de 14 anos. O agressor é ex-aluno da escola. (Via Estadão)

MUNDO
- Alemanha dá 30 dias para novo acordo sobre Brexit
O primeiro tour de beija-mão de Boris Johnson pela Europa desde sua ascensão ao posto de primeiro-ministro do Reino Unido não foi em vão. Em Berlim, o conservador britânico obteve na quarta-feira da chanceler alemã, Angela Merkel, um prazo de 30 dias para apresentar uma fórmula capaz de evitar o Brexitsem acordo. Seu teste de fogo, porém, será o encontro em Paris nesta quinta-feira (22), com o presidente da França, Emmanuel Macron, menos disposto a dar uma chance a Johnson. (Via VEJA.com)

FUTEBOL
JOGO DE HOJE
Copa Sul-Americana
21h30 – Corinthians x Fluminense

LOTERIA
- Mega-Sena acumula e vai a R$ 35 milhões
A Caixa Econômica Federal sorteou na quarta-feira (21) o concurso 2.181 da Mega-Sena, mas nenhum apostador acertou as seis dezenas e o prêmio acumulou novamente. O sorteio do próximo concurso (2.182) acontece no sábado (24) e deve pagar R$ 35 milhões. Confira os números de ontem. (Via Exame.com)

Nenhum comentário:

Postar um comentário