Coluna 1

terça-feira, 3 de setembro de 2019

Agenda do dia: veja o que você precisa saber hoje terça feira (03)


- Novo corte no MEC já afeta 11,8 mil bolsas de pós 
O governo Jair Bolsonaro anunciou o corte de mais 5.613 bolsas de pós-graduação que seriam ofertadas pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) a partir de setembro. O congelamento, que passa a vigorar neste mês, soma-se a outras 6.198 bolsas que haviam sido bloqueadas no primeiro semestre de 2019. Ao todo, as 11.811 bolsas cortadas correspondem a 5,57% do total de vagas ofertadas pelo sistema neste ano. (Via Estadão)

- Bolsonaro: ‘Terras indígenas causam ingovernabilidade’
O presidente Jair Bolsonaro disse que o Brasil está ‘quase na ingovernabilidade no tocante às reservas’, fazendo referência a territórios indígenas reconhecidos. ‘A intenção dessas grandes reservas, e isso sempre se discutiu na ONU, é que, pela autodeterminação dos povos indígenas, seriam novos países no futuro’, afirmou. A declaração ocorreu em entrevista à atriz e youtuber Antonia Fontenelle, apoiadora do presidente nas redes sociais, gravada na última sexta-feira e divulgada na segunda-feira (2). O presidente voltou a afirmar que países, ‘como a Alemanha, em especial’, estavam ‘comprando o Brasil via Fundo Amazônia’. (Via Estadão)

 - Entidade acusa Damares de crime por ensino em casa
A Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão pediu a abertura de uma ação civil pública por crime de improbidade administrativa contra a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, e mais duas servidoras da pasta em razão de orientação dada por elas aos conselhos tutelares sobre homeschooling (educação em casa). O pedido foi feito à Procuradoria da República no Distrito Federal. Em maio deste ano, Damares e as servidoras enviaram ofício aos conselhos tutelares de todo o país determinando que crianças e adolescentes que estão sendo educados em casa não sejam mais enquadrados nas situações de evasão escolar e de abandono intelectual. (Via Estadão)
- Após críticas, presidente da ABDI deve ser exonerado
Depois de acusar o secretário de Produtividade e Emprego do Ministério da Economia, Carlos da Costa, de fazer pedidos ‘não republicanos’, o presidente da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Luiz Augusto Ferreira, deve ser exonerado nos próximos dias. Segundo fontes, o secretário ajunto de Produtividade, Igor Calvet, é o mais cotado para assumir a agência. Calvet é o número dois da secretaria de Costa. (Via Estadão)
JUSTIÇA
- Greenwald: ‘Grande parte da mídia é parceira da Lava Jato’ 
O editor do site ‘The Intercept Brasil’, Glenn Greenwald, esteve ontem no programa ‘Roda Viva’, da TV Cultura. Questionado sobre a fonte que deu acesso à série de diálogos atribuídos, entre outros, a Dallagnol e Sergio Moro, que vêm sendo revelados pelo site, Glenn afirmou que ‘nunca pagaria por nenhum conteúdo, como todos os jornalistas legítimos do mundo’. ‘A grande parte da mídia brasileira funciona como uma parceira da Lava Jato. Ela não questiona ou investiga, apenas publica’, afirmou. (Via Poder360)
Lava Jato acha ‘apenas’ R$ 35 mil em contas de Mantega 
- Vazamento: Deltan captava recursos para instituto 
O coordenador da força-tarefa da Lava Jato, Deltan Dallagnol, captou investimentos de grandes empresários para financiar o Instituto Mude – Chega de Corrupção, criado para promover, além da própria operação, as dez medidas de combate à corrupção e suas opiniões políticas. Mensagens trocadas entre o procurador e membros do Instituto Mude no Telegram, recebidas pelo site ‘Intercept Brasil’ e analisadas em conjunto com a Agência Pública, revelam que ele se reuniu com empresários, às vezes a portas fechadas, na sede da Procuradoria, para arrecadar verbas para a entidade. (Via Exame.com)
BRASIL
- Papa veta políticos com mandato no Sínodo da Amazônia
A um mês da realização do Sínodo da Amazônia, marcado para outubro em Roma, o Vaticano prepara a lista final de convidados especiais do papa Francisco para participar das discussões sobre a floresta tropical, com veto à participação de políticos com mandato. O governo brasileiro havia manifestado, por vias diplomáticas e pelas Forças Armadas, o interesse de ter voz na assembleia mundial de bispos dedicada a discutir problemas socioambientais nos nove países ‘panamazônicos’ e a presença católica na região. (Via Estadão)
Villas Bôas: ‘Discussões no Sínodo têm viés político’
MUNDO
- Dorian deixa mortos nas Bahamas; EUA evacuam a costa
O poderoso furacão Dorian provocou cinco mortes na segunda-feira nas Bahamas e seguia em direção aos Estados Unidos, onde a iminência de sua chegada provocou evacuações em massa na costa leste do país. O furacão enfraqueceu ligeiramente durante a noite e foi rebaixado para a categoria 3, de acordo com o boletim mais recente do Centro Nacional de Furacões (NHC, na sigla em inglês), com sede em Miami. O fenômeno continua muito perigoso, com ventos de 205 km/h, e parece estar detido na ilha Grande Bahama, onde passará grande parte da terça-feira e provocará chuvas torrenciais. (Via AFP)
Incêndio de barco deixa ao menos 8 mortos nos EUA
FUTEBOL
- Jornalista: Mano Menezes aceita oferta do Palmeiras
O Palmeiras já tem o substituto de Luiz Felipe Scolari no comando do time. Favorito ao cargo deixado por Felipão, Mano Menezes já aceitou a oferta para ser o novo técnico do Palmeiras. A informação foi publicada no blog do comentarista dos canais ESPN Jorge Nicola. Segundo Nicola, Mano receberá salário parecido com o de Felipão, que era de R$ 500 mil mensais, mais R$ 300 mil de direitos de imagem. A oficialização do negócio pode ser feita nas próximas horas. (Via ESPN)
De eliminações a elenco: entenda queda de Felipão
Fifa divulga finalistas ao prêmio de melhor do mundo


POLÍTICA
- Novo corte no MEC já afeta 11,8 mil bolsas de pós 
O governo Jair Bolsonaro anunciou o corte de mais 5.613 bolsas de pós-graduação que seriam ofertadas pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) a partir de setembro. O congelamento, que passa a vigorar neste mês, soma-se a outras 6.198 bolsas que haviam sido bloqueadas no primeiro semestre de 2019. Ao todo, as 11.811 bolsas cortadas correspondem a 5,57% do total de vagas ofertadas pelo sistema neste ano. (Via Estadão)

- Bolsonaro: ‘Terras indígenas causam ingovernabilidade’
O presidente Jair Bolsonaro disse que o Brasil está ‘quase na ingovernabilidade no tocante às reservas’, fazendo referência a territórios indígenas reconhecidos. ‘A intenção dessas grandes reservas, e isso sempre se discutiu na ONU, é que, pela autodeterminação dos povos indígenas, seriam novos países no futuro’, afirmou. A declaração ocorreu em entrevista à atriz e youtuber Antonia Fontenelle, apoiadora do presidente nas redes sociais, gravada na última sexta-feira e divulgada na segunda-feira (2). O presidente voltou a afirmar que países, ‘como a Alemanha, em especial’, estavam ‘comprando o Brasil via Fundo Amazônia’. (Via Estadão)

- Entidade acusa Damares de crime por ensino em casa
A Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão pediu a abertura de uma ação civil pública por crime de improbidade administrativa contra a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, e mais duas servidoras da pasta em razão de orientação dada por elas aos conselhos tutelares sobre homeschooling (educação em casa). O pedido foi feito à Procuradoria da República no Distrito Federal. Em maio deste ano, Damares e as servidoras enviaram ofício aos conselhos tutelares de todo o país determinando que crianças e adolescentes que estão sendo educados em casa não sejam mais enquadrados nas situações de evasão escolar e de abandono intelectual. (Via Estadão)

- Após críticas, presidente da ABDI deve ser exonerado
Depois de acusar o secretário de Produtividade e Emprego do Ministério da Economia, Carlos da Costa, de fazer pedidos ‘não republicanos’, o presidente da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Luiz Augusto Ferreira, deve ser exonerado nos próximos dias. Segundo fontes, o secretário ajunto de Produtividade, Igor Calvet, é o mais cotado para assumir a agência. Calvet é o número dois da secretaria de Costa. (Via Estadão)

JUSTIÇA
- Greenwald: ‘Grande parte da mídia é parceira da Lava Jato’ 
O editor do site ‘The Intercept Brasil’, Glenn Greenwald, esteve ontem no programa ‘Roda Viva’, da TV Cultura. Questionado sobre a fonte que deu acesso à série de diálogos atribuídos, entre outros, a Dallagnol e Sergio Moro, que vêm sendo revelados pelo site, Glenn afirmou que ‘nunca pagaria por nenhum conteúdo, como todos os jornalistas legítimos do mundo’. ‘A grande parte da mídia brasileira funciona como uma parceira da Lava Jato. Ela não questiona ou investiga, apenas publica’, afirmou. (Via Poder360)

- Vazamento: Deltan captava recursos para instituto 
O coordenador da força-tarefa da Lava Jato, Deltan Dallagnol, captou investimentos de grandes empresários para financiar o Instituto Mude – Chega de Corrupção, criado para promover, além da própria operação, as dez medidas de combate à corrupção e suas opiniões políticas. Mensagens trocadas entre o procurador e membros do Instituto Mude no Telegram, recebidas pelo site ‘Intercept Brasil’ e analisadas em conjunto com a Agência Pública, revelam que ele se reuniu com empresários, às vezes a portas fechadas, na sede da Procuradoria, para arrecadar verbas para a entidade. (Via Exame.com)

BRASIL
- Papa veta políticos com mandato no Sínodo da Amazônia
A um mês da realização do Sínodo da Amazônia, marcado para outubro em Roma, o Vaticano prepara a lista final de convidados especiais do papa Francisco para participar das discussões sobre a floresta tropical, com veto à participação de políticos com mandato. O governo brasileiro havia manifestado, por vias diplomáticas e pelas Forças Armadas, o interesse de ter voz na assembleia mundial de bispos dedicada a discutir problemas socioambientais nos nove países ‘panamazônicos’ e a presença católica na região. (Via Estadão)

MUNDO
- Dorian deixa mortos nas Bahamas; EUA evacuam a costa
O poderoso furacão Dorian provocou cinco mortes na segunda-feira nas Bahamas e seguia em direção aos Estados Unidos, onde a iminência de sua chegada provocou evacuações em massa na costa leste do país. O furacão enfraqueceu ligeiramente durante a noite e foi rebaixado para a categoria 3, de acordo com o boletim mais recente do Centro Nacional de Furacões (NHC, na sigla em inglês), com sede em Miami. O fenômeno continua muito perigoso, com ventos de 205 km/h, e parece estar detido na ilha Grande Bahama, onde passará grande parte da terça-feira e provocará chuvas torrenciais. (Via AFP)

FUTEBOL
- Jornalista: Mano Menezes aceita oferta do Palmeiras
O Palmeiras já tem o substituto de Luiz Felipe Scolari no comando do time. Favorito ao cargo deixado por Felipão, Mano Menezes já aceitou a oferta para ser o novo técnico do Palmeiras. A informação foi publicada no blog do comentarista dos canais ESPN Jorge Nicola. Segundo Nicola, Mano receberá salário parecido com o de Felipão, que era de R$ 500 mil mensais, mais R$ 300 mil de direitos de imagem. A oficialização do negócio pode ser feita nas próximas horas. (Via ESPN)

Nenhum comentário:

Postar um comentário