Coluna 1

sexta-feira, 13 de setembro de 2019

Decisão sobre anulação do jogo entre Náutico e Paysandu sai hoje, confirma presidente do STJD

A sexta-feira (13), mística para alguns, se tornou a mais importante do ano para o Paysandu. O clube alviceleste terá hoje a decisão do presidente do STJD, Paulo César Salomão Filho, se acata ou não o pedido do clube de anulação da partida contra o Náutico-PE, ocorrida no domingo (8), no estádio dos Aflitos, pela Série C. Em entrevista ao “Super Sportes Pernambuco”, o presidente do STJD confirmou que o resultado será dado ao final do dia de hoje e que ainda analisa a situação.   “Ainda não consegui analisar o caso. O que estou sabendo é pela imprensa. Só amanhã (hoje), no final do dia, devo dar um parecer”, disse.
A diretoria do Paysandu pede a anulação da partida, alegando “erro de direito”, pois alega que o árbitro Leandro Pedro Vuaden assinalou o pênalti erroneamente. Segundo a defesa bicolor, o entendimento da regra 12, que diz sobre mão na bola, lista algumas exceções sobre a infração e uma delas é [se a mão ou braço estiver perto do corpo e não faça o corpo artificialmente maior].

URGÊNCIA
O presidente do STJD disse que tudo será analisado e que seria leviano dar algum posicionamento sobre o caso.

“O Paysandu pediu urgência, mas essa peça só chegou para mim, ontem à noite. Ainda não li. Se adiantar qualquer coisa seria leviano. Se eles (Paysandu) estão requerendo algo é porque acreditam que tenham chance. Tudo vai depender do caso”, finalizou.

Além da anulação da partida, o Paysandu pede também a paralisação da Série C. Os jogos das semifinais já foram marcados pela CBF e ocorrem neste final de semana. O Confiança-SE encara o Sampaio Corrêa-MA neste sábado (14), em Aracaju (SE) e o Juventude-RS recebe o Náutico-PE no domingo (15), em Caxias do Sul (RS).

Nenhum comentário:

Postar um comentário