Coluna 1

segunda-feira, 30 de setembro de 2019

Homem é morto a tiros e golpes de faca em garimpo de Itaituba

Armas do crime foram achadas na casa do pai do homem, que foi preso com uma mulher. Jhenilson Rodrigues de Sousa Moreno, de 22 anos, e Rosimara dos Santos, de 44, foram presos no final da tarde de ontem domingo (29) na zona garimpeira de Itaituba, sudoeste paraense, acusados de terem matado Bruno da Silva de Silva, de 27 anos. 
Segundo a Polícia Militar, que foi a primeira força de segurança a chegar ao Garimpo do Crepurizão, onde ocorreu o crime, os dois mataram o rapaz com golpes de faca e tiros de arma de fogo. O corpo de Bruno foi achado no final da tarde na Estrada da Cachoeira dos Vages, perto de uma queda d'água.
 O homem teria sido morto naquele local após receber tiros no peito e golpes de faca no pescoço, tendo sido quase decapitado por causa do golpe profundo na garganta. O crime foi por volta de 16h e, depois de saberem do homicídio, a Polícia Militar se deslocou ao local. Uma faca de cabo branco com vestígios de sangue e um revolver de calibre 38, sem munições, foram localizados na fazenda do pai do de Jhenilson, que junto com Rosimara, foi preso por volta das 18h.

Segundo Jhenilson, que confessou o crime, a morte de Bruno teria sido motivada pelas ameaças que a vítima teria feito a ele, com o homem resolvendo "atacar primeiro". Rosimara nega ter participado da execução, mas tanto ela quanto o rapaz foram levado para o centro de Itaituba, onde permanecem presos na delegacia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário