Coluna 1

quinta-feira, 3 de outubro de 2019

Agenda do dia: veja o que você precisa saber hoje quinta feira (03)

JUSTIÇA
- STF adia decisão sobre tese que afeta Lava Jato 
O plenário do STF decidiu nesta quarta-feira (2) que vai delimitar o alcance da decisão que abre brecha para a anulação de sentenças da operação Lava Jato. Por 8 a 3, os ministros entenderam que devem analisar uma proposta do presidente do STF, ministro Dias Toffoli, que define critérios para aplicar o entendimento de que os réus delatados têm o direito de falar por último nas ações penais em que também há réus delatores. A continuidade do julgamento, que estava prevista para esta quinta-feira, foi adiada e ainda não há data marcada para uma nova sessão dedicada ao tema. (Via Estadão)

- STJ acolhe recurso de Lula contra PowerPoint de Deltan 
O ministro do Superior Tribunal de Justiça Luís Felipe Salomão aceitou um recurso especial em que o ex-presidente Lula pede indenização por danos morais ao procurador Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba. O motivo do processo é a apresentação no PowerPoint em que o ex-presidente foi apontado como o personagem central do esquema de corrupção na Petrobrás. O juiz determinou a conversão do agravo em recurso especial. Entretanto, esclareceu que detalhes, como o cabimento ou não do recurso, ainda serão analisados. (Via Poder360)
- Mulher presa em operação contra hackers será solta 
A Quarta Turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região decidiu na terça-feira soltar Suelen Priscila de Oliveira, suspeita de integrar o grupo que invadiu celulares de autoridades e foi alvo de duas fases da operação Spoofing, da Polícia Federal. A decisão foi tomada por unanimidade no colegiado, composto por três desembargadores federais. Suelen é mulher de outro preso na Spoofing, o ex-DJ Gustavo Henrique Elias dos Santos, que teve a prisão mantida pela turma do TRF1. (Via VEJA.com)

POLÍTICA
- Sem novos destaques, Senado aprova Previdência
O plenário Senado Federal rejeitou os destaques propostos por bancadas e aprovou, em 1º turno, a reforma da Previdência. A sessão teve três propostas de mudanças rejeitadas – sobre idade mínima das mulheres, aposentadoria especial e pensão por morte. Outros três destaques — que previam alterar regras de transição, cálculo de benefícios e aposentadoria de anistiados — foram retirados. Com isso, o texto segue para um segundo turno de votação, que ainda não tem data para ser votado, mas o cronograma estimado pelo governo deve atrasar. (Via VEJA.com e Estadão)

- MPF acusa Osmar Terra de improbidade por censura
O Ministério Público Federal no Rio de Janeiro entrou com ação civil contra o ministro da Cidadania, Osmar Terra, por improbidade administrativa. A ação contesta a suspensão, ‘pelo prazo de 180 dias, prorrogável por igual período’, de um edital para produções de audiovisual para emissoras de televisão públicas. Segundo os procuradores, a portaria foi motivada por discriminação contra projetos com temática relacionada a lésbicas, gays, bissexuais, transexuais e travestis. (Via Poder360)

BRASIL
- RJ: suspeito de matar Ágatha foi à reconstituição, diz TV
A Polícia Civil suspeita que um dos dois policiais militares que participaram da reconstituição da morte de Ághata Félix, de 8 anos, realizada pela Delegacia de Homicídios do Rio de Janeiro na noite de terça-feira foi o autor do tiro que matou a menina, segundo afirmou a TV Globo na noite de ontem. Esse PM passou mal durante a reconstituição. Ainda segundo a TV Globo, é grande a probabilidade de que não tenha havido confronto com criminosos, como alega a PM. (Via Estadão)

- Estudante é esfaqueado dentro da UFPE
Um estudante do curso de Pedagogia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) foi esfaqueado, na tarde de quarta-feira, dentro do câmpus universitário, nas proximidades do Centro de Educação. A agressão, de acordo com informações da própria universidade, foi cometida por um outro aluno do mesmo curso. (Via Estadão)

FUTEBOL
- Grêmio empata no final após 3 gols do Fla anulados
Na quarta-feira, Grêmio e Flamengo começaram a definir quem será o representante brasileiro na grande decisão da Libertadores 2019. O Rubro-Negro chegou a ter três gols anulados, mas marcou com Bruno Henrique, de cabeça. Valente, o Tricolor gaúcho não desistiu e chegou ao empate no fim: 1 a 1. O empate deixa a briga pela vaga completamente aberta. No entanto, com o gol marcado fora de casa, o time comandado por Jorge Jesus leva uma pequena vantagem na bagagem para o Rio de Janeiro. (Via oGol)

LOTERIA
- Mega-Sena acumula e vai a R$ 18 milhões
Aconteceu na quarta-feira (2) o concurso 2.194 da Mega-Sena. Ninguém acertou as seis dezenas e o prêmio acumulou para R$ 18 milhões. O próximo sorteio será no sábado (5). Confira os números de ontem. (Via SorteOnline)
VEJA TAMBÉM:

Nenhum comentário:

Postar um comentário